Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2024

Home Brasil Polícia conclui que Seu Jorge foi alvo de racismo em Porto Alegre, mas não identifica autores

Compartilhe esta notícia:

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul concluiu o caso que investigava atos de racismo contra o cantor Seu Jorge, em um show realizado em Porto Alegre, no dia 14 de outubro deste ano. Dois meses após a denúncia, as investigações confirmaram que o artista foi alvo de ofensas raciais, mas os autores do crime não foram identificados.

De acordo com a delegada Andrea Mattos, titular da Delegacia de Combate à Intolerância, a pluralidade de vozes nos trechos de áudios do show analisados pela investigação, impediram a identificação.

Além disso, as imagens da plateia também não ajudaram devido à perspectiva que foram registradas. Apesar disso, testemunhas confirmaram ter ouvido as ofensas racistas, portanto, há materialidade, mas não é possível atribuir a autoria a uma pessoa física.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Governo Lula terá 37 ministérios, anuncia futuro chefe da Casa Civil
Nélida Piñon, primeira mulher a presidir a Academia Brasileira de Letras, morre aos 85 anos
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa