Terça-feira, 16 de Julho de 2024

Home Brasil Polícia Federal investiga empresário de Santa Catarina por tráfico de 27 brasileiros para a Turquia

Compartilhe esta notícia:

A Polícia Federal realizou uma operação nessa segunda-feira (23) relacionada a uma suspeita de esquema de tráfico internacional de pessoas para a Turquia. A prática ilegal teria levado pelo menos 27 brasileiros para o país. As vítimas seriam artistas de dança e teatro oriundos de vários estados que foram recrutados por meio das redes sociais ou por convite direto de um empresário de Florianópolis que foi alvo de um mandado de busca e apreensão.

As vítimas foram atraídas por promessas de trabalhar em shows em estabelecimentos hoteleiros no país. Não foram detalhadas as condições às quais os brasileiros eram submetidos. De Santa Catarina foram pelo menos oito vítimas. As demais seriam de São Paulo, Ceará, Rio Grande do Sul, Rondônia, Goiás, Rio de Janeiro, Bahia e Minas Gerais.

Segundo a PF, as 27 pessoas traficadas teriam sido submetidas a condições degradantes de trabalho, alojamentos indignos, alimentação inadequada e racionada, retenção de salários e ameaças constantes do empregador brasileiro e da empresa turca.

Nesta segunda-feira, a PF cumpriu mandado de busca e apreensão na casa do empresário. Foram apreendidos celulares, computador, passaporte e mídias digitais.

Vítima

Uma das 27 vítimas de um esquema de tráfico humano investigado pela Polícia Federal publicou em suas redes sociais um relato da experiência, ocorrida na Turquia. Segundo Gabriel Ubirajara, ele e outros artistas de dança e teatro brasileiros foram submetidos a condições degrandantes, abuso moral e importunação sexual.

“Do responsável pela empresa que nos tirou do Brasil e que nos acompanhou até a Turquia, vieram abusos morais, psicológicos, cargas de ensaios exaustivas, importuno sexual sobre as meninas, manipulação, falta de transparência, falta de comunicação honesta e promessas falsas”, escreveu Gabriel Ubirajara, no Instagram.

“Tentativa de agressão física à um dos artistas e ameaça de agressão física verbalizada à outras artistas. PRECARIEDADE no alojamento, esgoto a céu aberto, lixo para todos os lados, casas mofadas, com carrapatos em alguns cômodos e colchões, vazamento de água e infiltração no teto das casas”, continua Ubirajara ao descrever a estadia na Turquia.

O crime de tráfico internacional de pessoas é pode tem pena de reclusão estipulada ente 4 a 8 anos, além de pagamento de multa.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Jornalistas argentinos dizem que ajuda de assessores de Lula foi “fundamental” para Sergio Massa
Saiba quem é Sergio Massa, ministro da Economia que disputa o 2º turno na eleição para presidente da Argentina
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa