Terça-feira, 24 de Maio de 2022

Home em foco Porto Alegre é a terceira capital brasileira que mais aplico dose de reforço contra a covid

Compartilhe esta notícia:

Análise do LocalizaSUS — ferramenta do Ministério da Saúde — realizada nesta segunda-feira (24), posiciona Porto Alegre em terceiro lugar entre as capitais brasileiras na porcentagem da população acima de 18 anos com a dose de reforço da vacina contra covid-19.

Com 412.486 doses, ou 35,1% da população estimada da faixa etária imunizada, a capital gaúcha está atrás de Belo Horizonte (MG), com 35,6, e Vitória (ES), com 38,9%. Em quarto e quinto lugar, figuram, ainda, as cidades do Rio de Janeiro (RJ), com 33,1%, e São Paulo (SP), com 32,4%.

A diretora da Vigilância em Saúde em exercício, Fernanda Fernandes, lembra que Porto Alegre, desde o início da campanha de vacinação contra covid, mantém-se nas primeiras posições, seja em relação à primeira dose, depois, na segunda e agora na aplicação do reforço. “O dado é importante porque reflete a adesão dos moradores da cidade à imunização desde o começo deste trabalho.”

Podem receber a dose de reforço pessoas acima de 18 anos vacinadas com a segunda dose há quatro meses e imunossuprimidos com a segunda dose há pelo menos 28 dias. Já vacinados com a Janssen podem receber o reforço dois meses após a primeira aplicação.

Crianças

A prefeitura de Porto Alegre irá ampliar novamente o público apto a receber a dose pediátrica da Pfizer/BioNTech a partir desta terça (25). Poderão receber a vacina todas as crianças a partir de 9 anos. A imunização indígenas, quilombolas, autistas, com comorbidades e deficiência a partir de 5 anos será mantida.

A inoculação estará disponível em sete unidades de saúde, das 8h às 17h:

— Chácara da Fumaça

— Clínica da Família IAPI

— Clínica da Família José Mauro Ceratti Lopes

— Moab Caldas

— Nova Brasília

— Santa Marta

— Santo Alfredo.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Imunização infantil contra a covid em Porto Alegre é ampliada para crianças a partir dos 9 anos
Após negar, Bento XVI emite comunicado admitindo presença em reunião sobre padre denunciado por abuso sexual
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Bom Dia