Terça-feira, 16 de Abril de 2024

Home Porto Alegre Porto Alegre ganha novo Juizado da Infância e Juventude

Compartilhe esta notícia:

Uma solenidade realizada nesta sexta-feira (23) no Foro Central de Porto Alegre, marcoua transformação da 2ª Vara Cível do Foro Regional da Tristeza em 3º Juizado do 2º Juízo do Juizado Regional da Infância e Juventude da Comarca de Porto Alegre. “É mais uma concretização promovida pela atual Administração no sentido de aperfeiçoar ainda mais os serviços prestados aos nossos jurisdicionados na área da Infância e Juventude”, declarou a presidente do Tribunal de Justiça, Desembargadora Iris Helena Medeiros Nogueira, durante o ato.

Iris Nogueira afirmou ainda que a Corregedoria-Geral da Justiça, após a realização de apontamentos, informou a necessidade de mais um Juizado na referida área. “Tínhamos uma estrutura que se destinava à instalação de uma Vara Cível no Foro Regional da Tristeza que não se faz mais necessário e o Órgão Especial autorizou a transformação que passa a funcionar a partir de hoje”, concluiu a Presidente.

Infância e Juventude

O Corregedor-Geral da Justiça, Desembargador Giovanni Conti, em sua manifestação, enfatizou que ” é uma alegria para nós proporcionarmos a instalação de mais uma unidade judiciária nesta área tão importante como é a infância e a juventude.” Ele acrescentou que “estamos muito felizes com a realização e queremos avançar ainda mais neste tema fundamental para a sociedade”.

A Diretora do Foro da Comarca de Porto Alegre, Juíza Alessandra Bertoluci, em seu pronunciamento, afirmou que o Juizado terá competência referente aos temas de adoções, acolhimentos e medidas protetivas ligadas à Infância e Juventude. “Será muito importante para somar esforços, com mais um magistrado e servidores que farão com que os processos na área possam fluir ainda mais rapidamente”, disse a Juíza.

A Titular do 1º Juízo do 2º Juizado Regional da Infância e Juventude, Tânia da Rosa, em seu pronunciamento, lembrou que atua na área desde 2015 e afirmou que a nova Unidade Judiciária será de suma importância. “Estamos muito agradecidos com a Administração pela iniciativa tomada”, salientou ela, informando que a Juíza Paula Paradeda atuará no 3° Juízo do Juizado Regional da Infância e Juventude.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Procuradoria-Geral da República defende que Supremo relaxe prisão de influenciador que ameaçou Corte e políticos
Lançada a agenda cultural do Sixteen Station Pub em 2022
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias