Segunda-feira, 23 de Maio de 2022

Home coronavírus Porto Alegre mantém vacinação contra gripe e covid em três locais neste sábado

Compartilhe esta notícia:

Neste sábado (14), a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Porto Alegre mantém o serviço de vacinação contra gripe e covid para os públicos aptos a cada procedimento. O serviço é oferecido das 9h às 16h e em esquema reduzido a apenas três endereços, com interrupção no domingo e retomada em ritmo normal na segunda-feira (16).

– Zona Central: sala especial do Shopping João Pessoa – avenida João Pessoa nº 1.831 (bairro Santana) – observação: doses somente para adultos.

– Zona Sul: posto de saúde Primeiro de Maio – avenida Professor Oscar Pereira nº 6.199 (bairro Cascata).

– Zona Norte: posto de saúde Vila Safira – avenida Delegado Ely Correa Prado nº 945, Vila Safira (bairro Mário Quintana).

O serviço inclui primeira dose de reforço contra covid para quem já fez 18 anos e completou o esquema primário de imunização. Já a segunda aplicação-extra (também conhecida como “quarta dose”) contempla adultos com baixa imunidade e ou a partir dos 80 anos, desde que a primeira proteção-extra tenha sido ministrada há pelo menos quatro meses.

Imunizantes disponíveis, endereços, horários de funcionamento e telefones de contato dos postos podem ser consultados no site prefeitura.poa.br. O portal também fornece informações sobre as unidades de pronto atendimento (Upas) que prestam atendimento a indivíduos com sintomas de contágio por coronavírus.

O público apto às duas vacinas pode recebê-las na mesma ocasião, sem riscos à saúde, exceto no segmento infantil (5 a 11 anos), para o qual deve ser respeitado um intervalo de 15 dias entre cada imunizante. A quem opta pelos dois procedimentos de forma simultânea, porém, recomenda-se que as aplicações sejam feitas em braços diferentes.

Exigências

No caso dos adolescentes e adultos, em procedimentos de primeira dose (ou aplicação única, no caso da vacina da Janssen) deve ser apresentada identidade com CPF. Não é necessário o comprovante de residência, bastando uma autodeclaração simples com nome e endereço.

Para a gurizada de 5 a 11 anos, não é necessária prescrição médica, mas solicita-se o cartão de vacinação contra outras doenças. Além disso, a mãe, pai ou responsável deve acompanhar o procedimento. Caso não seja possível a presença de um adulto, é necessário apresentar autorização por escrito.

Na segunda injeção é obrigatório o cartão de controle fornecido pelo agente de saúde na primeira etapa. Pode se dirigir aos locais indicados quem recebeu Coronavac há pelo menos 28 dias. No caso dos imunizantes Oxford e Pfizer, o intervalo é de oito semanas entre as duas “picadas”.

Para o reforço, exige-se a mesma documentação da segunda dose, desde que o cartão de controle mostre que o esquema de imunização esteja completo há pelo menos quatro meses para quem recebeu Coronavac, Oxford e Pfizer ou dois meses para os contemplados com a Janssen (injeção única).

Os imunossuprimidos, por sua vez, devem comprovar a condição de saúde por meio de atestado ou receita médica, além do registro de segunda dose (ou única) há pelo menos 28 dias. No caso da segunda dose-extra, também é necessário ter recebido a anterior em um prazo mínimo de quatro meses, conforme mencionado anteriormente.

Já para a imunização contra a gripe – dose única – contempla crianças de 6 meses a 9 anos, qualquer indivíduo a partir dos 55 anos e ainda gestantes, puérperas, indígenas, caminhoneiros, portuários, militares, presidiários, pessoas com deficiência ou doença crônica e profissionais da saúde, educação e transporte público.

Para a imunização contra a gripe as vovós e vovôs devem apresentar comprovante de idade. Profissionais de saúde, educação e transporte público, bem como militares, precisam de contracheque ou outro documento comprobatório.

No caso das crianças é preciso que mãe, pai ou responsável legal devem apresentar a caderneta de vacinação. Aos indivíduos de grupos prioritários por questões de saúde também é obrigatório exibir atestado, receita médica ou similar.

Sintomas respiratórios

Quem apresentar sintomas respiratórios associados a suspeita ou confirmação de contágio por covid deve procurar um dos quatro endereços disponibilizados pela prefeitura durante todo o fim de semana. Essas unidades funcionam em tempo integral, sem fechar durante a madrugada. Confira:

– Zona Norte: pronto-atendimento Moacyr Scliar – rua Jerônimo Velmonovitz nº 1, esquina com Assis Brasil (bairro São Sebastião).

– Zona Norte-Leste: pronto-atendimento Bom Jesus – rua Bom Jesus nº 410 (bairro Bom Jesus).

– Zona Leste: pronto-atendimento Lomba do Pinheiro – Estrada João de Oliveira Remião nº 5.120, parada 12 (bairro Lomba do Pinheiro).

– Zona Sul: pronto-atendimento Cruzeiro do Sul – rua Professor Manoel Lobato nº 151 (bairro Santa Tereza).

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de coronavírus

Trânsito na avenida Nilo Peçanha tem nova alteração para obra do Arroio Areia, em Porto Alegre
Termina a construção da primeira usina de beneficiamento e reciclagem de plásticos de Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa