Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

Home Porto Alegre Porto Alegre passa a contar com terceiro abrigo emergencial para vítimas de enchentes

Compartilhe esta notícia:

Localizada no Parque da Harmonia, Centro Histórico de Porto Alegre, o centro de eventos Casa do Gaúcho servirá para abrigar famílias retiradas de suas casas em áreas inundadas pelo Guaíba. A medida foi determinada nessa terça-feira (21) pelo prefeito Sebastião Melo em caráter emergencial e amplia para três o número de pontos de acolhimento com tal objetivo na capital gaúcha.

Estão previstas 150 vagas iniciais, número que poderá ser dobrado se houver necessidade. O primeiro grupo, composto por moradores do bairro Sarandi (Zona Norte), chegou ao local no fim da tarde.

As outras duas unidades disponibilizadas pela administração municipal já estavam funcionamento: o Ginásio do Demhab (bairro Santana), com 93 abrigados, e a sede do 9º Batalhão da Brigada Militar (Praia de Belas), com 46.

Os abrigos emergenciais são coordenados pela Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc), com apoio do Gabinete da Primeira-Dama. São considerados donativos prioritários, até o momento, alimentos não perecíveis, água mineral e material de higiene e limpeza. As contribuições são recebidas das 9h às 17h, até a sexta-feira (24), nos seguintes pontos:

–  Centro Administrativo Municipal, na rua General João Manoel nº 157 (Centro Histórico).
– Shopping Total (loja 1.019), na avenida Cristóvão Colombo nº 545 (bairro Floresta).

Transporte público

O secretário de Mobilidade Urbana, Adão de Castro Júnior, recebeu na sede da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) representantes da Trensurb e Metroplan (Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional). Na pauta, operações de trânsito e transporte em Porto Alegre.

Dentre os tópicos abordados estavam alternativas para melhorar o serviço do metrô, que tem estações fechadas devido a alagamentos e cujo translado é feito em ônibus expressos entre as estações Farrapos e Mercado Público.

Foi definido que, a partir da quarta-feira (22), seis veículos das empresas que operam o transporte metropolitano reforçarão o atendimento entre as estações no período entre 6h e 20h. No horário de pico, serão 16 coletivos.

Além disso, foi definida uma rota alternativa para os ônibus metropolitanos que utilizam a avenida Farrapos no retorno às garagens. Trata-se de uma das vias com maior movimento na cidade, por ser a principal opção aos bloqueios ocasionados pelo acúmulo de água em áreas da Zona Norte.

O chefe de departamento da Diretoria de Transporte da Metroplan, Paulo Osório, ressaltou: “A medida não interfere na operação do transporte coletivo que vem da Região Metropolitana. São 150 ônibus que, entre 9h e 16h, deixarão de trafegar pela Farrapos e utilizarão outro trajeto. A mudança na operação, com o desvio desses coletivos sem passageiros, deve melhorar a fluidez na região”.

Desde a segunda-feira (20), quando a Trensurb fechou as estações em função de alagamento, a prefeitura colocou à disposição dos passageiros uma linha emergencial com início no Mercado Público e destino à Estação Farrapos. A linha é direta e não faz paradas durante o percurso.

Cerca de 170 agentes de trânsito e transporte acompanham a situação através das câmeras e intervindo nas ruas para garantir a segurança viária da Capital. É importante que a população informe as demandas pelo aplicativo “156+POA” ou os números telefônicos 156 e 118 do Atendimento ao Cidadão.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Unidade de Saúde Victória terá feira de adoção de animais neste sábado em Porto Alegre
Porto Alegre completa quase um mês e meio sem furtos de cabos em sinaleiras
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada