Sábado, 02 de Julho de 2022

Home Porto Alegre Porto Alegre registra aumento de infestação do mosquito Aedes aegypti

Compartilhe esta notícia:

O monitoramento do mosquito Aedes aegypti realizado pela prefeitura de Porto Alegre indica que o índice médio de infestação de fêmeas adultas do vetor da dengue, zika e chikungunya alcançou o nível mais elevado das últimas semanas.

O resultado exige maior atenção para a eliminação de focos de água parada em residências, comércios e áreas públicas. Os bairros com maior infestação vetorial são: Aparício Borges, Azenha, Cidade Baixa, Glória, Jardim Botânico, Jardim Carvalho, Mario Quintana, Medianeira, Menino Deus, Parque Santa Fé, Partenon, Passo D’Areia, Passo das Pedras, Petrópolis, Santa Tereza, Santana, Santo Antonio, São José, Sarandi, Teresópolis, Vila Ipiranga, Vila Jardim, Vila João Pessoa, Camaquã, São Sebastião, Jardim Lindoia, Jardim Europa, Santa Rosa de Lima, Mont’ Serrat e Bela Vista.

O IMFA (Índice Médio de Fêmeas Adultas) é obtido semanalmente a partir do monitoramento de 910 armadilhas para captura do mosquito adulto em bairros da cidade considerados vulneráveis para dengue, de acordo com diretriz do Ministério da Saúde e a partir do histórico dos casos de dengue, zika e chikungunya confirmados na cidade.

Como as temperaturas estão mais elevadas e com o período de férias e de viagens, é importante incrementar as medidas de controle do vetor, entre elas a verificação e eliminação de água parada em pátios, calhas e ralos, além de descarte de resíduos inservíveis.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Samu de Porto Alegre recebe mais de 224 mil ligações em 2021
Destinação do Imposto de Renda a fundos municipais cresce 13,74% em Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde