Quarta-feira, 29 de Maio de 2024

Home Economia Preço da gasolina cai 8% no Brasil após reduções da Petrobras

Compartilhe esta notícia:

Os preços da gasolina no Brasil recuaram, em média, 8% após as três reduções nas refinarias da Petrobras, mostrou pesquisa do Índice de Preços Ticket Log (IPTL), marca da Edenred Brasil, divulgada nesta sexta-feira (19).

Considerando só a última redução, de 4,85%, que entrou em vigor no dia 16 de agosto, o recuo nas bombas foi de 0,47%, indo a um preço médio de 5,72 o litro em todo o País.

Antes desse reajuste, a Petrobras havia feito duas reduções em julho: de 4,9% no dia 20 e de 3,89% no dia 29.

“Quando comparamos os três últimos reajustes, a redução mais expressiva foi a de 19 de julho, em que o recuo chegou a 0,92%, somado à isenção do ICMS que ainda estava sendo replicada nas bombas”, disse em nota o diretor-Geral de Mainstream da Divisão de Frota e Mobilidade da Edenred Brasil, Douglas Pina.

Em relação ao fechamento de julho, em que o preço da gasolina estava 6,50 reais o litro, o recuo foi de 12%.

“É preciso aguardar o comportamento dos preços nos próximos dias, mas o mais provável é que o preço médio da gasolina continue apresentando queda”, acrescentou Pina.

Nova queda

Mesmo com as frequentes baixas, o preço segue acima do mercado internacional. Analistas apontam que há uma margem de R$ 0,27 de diferença.

A política de definição de preço da estatal leva em consideração a cotação internacional. Nesse sentido, a Abicom (Associação Brasileira dos Importadores de Combustível) considera que o preço praticado pela petroleira está 9% acima dos valores do exterior.
Sendo assim, ainda é possível mais reduções no preço do derivado do petróleo a fim de equilibrar os preços com o cenário global.

As constantes reduções no preço da gasolina ocorrem em meio a medidas adotadas pelo governo e a paridade internacional do petróleo, que têm diminuído com a desaceleração econômica da China e o conflito na Ucrânia.

Em junho, o Governo Federal instituiu uma legislação que fixa o teto do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Produtos) entre 18% e 17% sobre os combustíveis e outros setores. Com isso, os preços do etanol e da gasolina vem apresentando queda.

A mesma lei também cortou os tributos federais sobre o combustível, que representavam cerca de 10% na composição do preço nas bombas.

O preço do petróleo Brent caiu 5% após a China divulgar os dados sobre a economia. Como a Petrobras usa como base a cotação do mercado mundial, o valor da gasolina voltou a cair. A queda do insumo já chegou a 20% no mundo.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

“Nenhuma economia forte do planeta tem teto de gastos”, diz o presidente da Câmara dos Deputados
Bolsa brasileira fecha em queda de pouco mais de 2% após quatro semanas de ganhos
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias