Terça-feira, 17 de Maio de 2022

Home Mundo Presidente da França acredita que “o pior ainda está por vir” na Ucrânia após ligação com Putin

Compartilhe esta notícia:

O presidente francês chegou à conclusão de que “o pior ainda está por vir” no conflito na Ucrânia, após uma conversa telefônica com o presidente russo, que expressou sua determinação em continuar a ofensiva e que poderia “assumir o controle” de toda o país, informou a presidência francesa.

Em uma conversa que durou uma hora e meia, o presidente russo, Vladimir Putin, disse ao francês, Emmanuel Macron, que a operação russa se desenvolve “de acordo com os planos” e que poderá “intensificar-se” se os ucranianos não aceitarem as suas condições, informou nesta quinta-feira (03) o gabinete do presidente francês.

“A previsão do presidente [Macron] é que o pior ainda está por vir, por conta do que o presidente Putin lhe disse”, explicou um assessor do presidente francês que preferiu permanecer anônimo.

O Palácio do Eliseu, residência da presidência francesa, indicou que a iniciativa para a troca telefônica entre os dois líderes (a terceira desde o início da invasão em 24 de fevereiro) foi de Putin, que quis “informar” Macron “da situação e intenções, no âmbito de um diálogo sincero” entre estes dirigentes.

Macron respondeu às acusações de Putin sobre a Ucrânia afirmando que “ele cometeu um grave erro com o regime ucraniano”, que “ele não é nazista”. “Você inventa histórias, procura pretextos”, teria lhe dito o presidente francês, segundo o Eliseu.

“Esta entrevista permitiu revisitar as divergências, dizer a verdade ao presidente Putin”, mas também, “infelizmente”, confirmar “a sua determinação em seguir com a operação militar até ao fim”.

“Os ucranianos estão lutando com coragem. Nada está garantido, mas a relação de forças é muito desequilibrada”, disse o Eliseu, ao apontar o “pessimismo” de Macron ao final da discussão. O presidente francês reafirmou sua intenção de “apertar as sanções” contra a Rússia, já que é “uma ferramenta muito poderosa, como se viu com a queda do rublo”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Bolsonaro diz que o Brasil pode rebaixar a pandemia de coronavírus para endemia
Rússia reivindica controle total da cidade ucraniana de Kherson
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Bom Dia