Sexta-feira, 24 de Maio de 2024

Home Política Presidente do Tribunal Superior Eleitoral deve se reunir na terça-feira para alinhar combate ao assédio eleitoral

Compartilhe esta notícia:

O procurador-geral eleitoral, Paulo Gonet, afirmou que marcou para a próxima terça-feira (18), no período da tarde, uma reunião com o presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Alexandre de Moraes, para alinhar o combate ao assédio eleitoral.

Em sessão da última quinta-feira (13), Moraes anunciou interesse na reunião e disse ter recebido diversas denúncias de empregadores coagindo seus funcionários para votarem ou deixarem de votar em determinados candidatos e citou um caso em que um empregador ofereceu comprar os documentos dos funcionários para que não pudessem comparecer à votação.

O ministro ressaltou que esses crimes eleitorais serão combatidos pelo MPT (Ministério Público do Trabalho) e pela Procuradoria-Geral Eleitoral, e que a “atuação será mais efetiva e mais rápida”.

“Não é possível, em pleno século 21, que se queira coagir um empregado”, destacou Moraes. O Ministério Público do Trabalho recebeu, desde o começo das eleições deste ano, mais de 200 denúncias de casos de assédio eleitoral em empresas de todo o país.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Caixa Econômica Federal paga abono salarial complementar a 1,1 milhão de trabalhadores na segunda-feira
Prefeitura amplia em 103 viagens a oferta de ônibus a partir de segunda-feira, em Porto Alegre
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde