Segunda-feira, 16 de Maio de 2022

Home Mundo Presidente Joe Biden proíbe importações de petróleo e gás russos para os Estados Unidos

Compartilhe esta notícia:

No dia em que entrou em vigor o temporário cessar-fogo para resgate de civis na Ucrânia, novas sanções dos Estados Unidos contra a Rússia foram anunciadas nesta terça-feira (08). O presidente norte-americano, Joe Biden, proibiu as importações de petróleo e gás natural da Rússia.

Antes de o presidente norte-americano falar, o Reino Unido também anunciou novas medidas e decidiu encerrar até o final do ano a importação de petróleo russo. Os britânicos informaram que buscarão alternativas para o abastecimento e que as empresas devem se preparar para este período de transição para que os consumidores locais não sejam afetados.

As novas medidas podem gerar reação dos russos. Na segunda-feira (07), um alto funcionário russo disse que o país planejava cortar o fornecimento de gás natural da Europa em resposta a proibições de importação de petróleo.

“Em conexão com as acusações infundadas contra a Rússia e a imposição da proibição do (gasoduto) Nord Stream 2, temos todo o direito de tomar uma decisão espelhada e impor um embargo ao bombeamento de gás através do gasoduto Nord Stream 1, que hoje funciona com 100% da capacidade”, disse o vice-primeiro-ministro da Rússia, Alexander Novak, sobre a decisão dos reguladores alemães no mês passado de interromper a certificação do segundo gasoduto da Gazprom, Nord Stream 2.

A Rússia fornece cerca de 40% do gás da Europa. A Alemanha, a maior economia do bloco, depende da Rússia para quase 50% de seu gás natural.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Governo gaúcho lança programa para qualificar mulheres empreendedoras
Praia Acessível para Todos encerra atividades nesta sexta-feira e sábado em Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde