Quinta-feira, 18 de Agosto de 2022

Home em foco Recurso de Novak Djokovic é aceito, e tenista é liberado de detenção na Austrália

Compartilhe esta notícia:

A decisão do governo da Austrália de cancelar o visto do tenista sérvio Novak Djokovic foi anulada em audiência realizada nesta segunda-feira (10). O juiz Anthony Kelly, responsável pelo caso, ordenou a liberação imediata do tenista da detenção na imigração.

O magistrado destacou ainda que a decisão de cancelar o visto temporário seria revogada e que o governo australiano arcaria com suas custas e tomaria “todas as providências necessárias para liberar o requerente imediatamente”.

O governo da Austrália informou que vai recorrer da decisão. O ministro da Imigração, Alex Hawke, afirmou que, caso Djokovic tenha novamente o visto cancelado, ele pode ser banido de entrar na Austrália pelos próximos três anos.

Entenda o caso

Djokovic passou por uma audiência nesta segunda-feira para tentar validar seu visto de entrada na Austrália. Documentos da Corte Australiana mostram que o sérvio confia em uma infecção recente por Covid-19 para se qualificar para uma autorização de exceção e, assim, jogar o Australian Open sem ter se vacinado contra o coronavírus. O caso de Covid-19 do tenista não havia se tornado público até sábado (08).

Djokovic desafiou o cancelamento de seu visto na quarta-feira (05), quando desembarcou em Melbourne. Desde então, ele esteve retido em um hotel esperando a liberação para jogar o Grand Slam sem a necessidade dos 14 dias de quarentena obrigatória no Estado de Victoria para pessoas que não tomaram a vacina.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

“Ataque dos Cães” e “Amor, Sublime Amor” são os grandes vencedores do Globo de Ouro
Restauro da pintura original revela tesouro artístico oculto por décadas na Biblioteca Pública do RS
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa