Domingo, 21 de Julho de 2024

Home Agro Rio Grande do Sul recebe apoio de servidores da secretaria da Agricultura de São Paulo

Compartilhe esta notícia:

Para traçar um diagnóstico da situação nas áreas rurais, com foco na vigilância e defesa sanitária animal, a Seapi (Secretaria da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação) recebe, nesta semana, apoio de servidores do Departamento de Defesa Agropecuária da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo.

Os oito servidores foram recepcionados na Inspetoria de Lajeado na segunda-feira (3) pelo diretor adjunto do Departamento de Vigilância e Defesa Sanitária Animal da Seapi, Francisco Lopes. Segundo ele, a possibilidade do auxílio de outros estados surgiu durante uma reunião do Fórum Nacional dos Executores de Sanidade Animal.

“Foi perguntado quais Estados teriam disponibilidade para vir ajudar a Seapi no levantamento de perdas e de necessidades, bem como na defesa animal. O Estado de São Paulo foi o primeiro que se prontificou. Vamos nos concentrar, neste primeiro momento, na região do Vale do Taquari, que foi uma das mais afetadas pelas enchentes”, explicou Lopes.

A partir da aplicação de um questionário, será feito um levantamento com os produtores rurais sobre perdas de animais, produtos vegetais e equipamentos. Os técnicos também irão orientá-los sobre notificações em caso de doenças nos rebanhos. Os técnicos também trouxeram antígenos, que suprirão uma demanda emergencial do Instituto de Pesquisas Veterinárias Desidério Finamor.

A partir de um cruzamento de imagens de satélite das áreas inundadas com os dados das propriedades rurais cadastradas na Seapi, foi constatado que das 5,7 mil propriedades afetadas pela enchente, cerca de 1,7 mil fazem parte do Vale do Taquari. Por esse motivo, o trabalho será realizado inicialmente nessa região. Também será avaliada a necessidade de doações de alimento para a sobrevivência dos animais.

A equipe paulista, formada por quatro médicos veterinários e quatro técnicos agrícolas, é liderada pelo médico veterinário Bruno Ribeiro. “Trouxemos material básico de atendimento a enfermidades de animais de interesse para o Rio Grande do Sul, como bovinos, suínos, aves e equinos, além de alguns medicamentos”, contou Bruno. “Além do profissionalismo, estamos aqui como seres humanos, de coração aberto para poder ajudar no que for possível na reconstrução do Rio Grande do Sul. É um trabalho de formiguinha, mas queremos contribuir com os gaúchos”, disse, emocionado. A equipe veio com recursos do Estado de São Paulo.

Toda a atividade será desenvolvida no aplicativo da PDSA (Plataforma de Defesa Sanitária Animal), desenvolvida pela Seapi em parceria com a UFSM (Universidade Federal de Santa Maria). A médica veterinária da Seapi, Vanessa Dalcin, responsável pela Inspetoria de Arroio do Meio, será a gestora das equipes no Vale do Taquari.

“A equipe de São Paulo fica até sexta-feira (7), depois vamos avaliar se haverá necessidade de equipes de outros Estados virem nos ajudar. Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina, Maranhão, entre outros, também ofereceram apoio ao Rio Grande do Sul”, pontuou Lopes.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Agro

Inter enfrenta nesta terça-feira o Real Tomayapo pela Sul-Americana
Em noite decisiva, Grêmio enfrenta o Huachipato-CHI pela Libertadores
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News