Quinta-feira, 02 de Dezembro de 2021

Home Rio Grande do Sul Sistema de Avaliação da Educação Básica começa a ser aplicado nesta terça no Rio Grande do Sul

Compartilhe esta notícia:

A partir desta terça-feira (16), alunos de Educação Infantil e Ensino Fundamental no Rio Grande do Sul serão submetidos às provas da edição 2021 do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). Os testes prosseguirão até 10 de dezembro, a cargo do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Realizada em todo o País a cada dois anos, a iniciativa tem por objetivo obter um diagnóstico da qualidade, abrangência e eficiência dos serviços prestados pelo setor. Também pretende gerar dados e indicadores que subsidiem a elaboração e acompanhamento de políticas educacionais.

O Saeb é aplicado a cada dois anos e permite produzir indicadores educacionais de regiões, Estados e, quando possível, municípios e escolas. Permite, ainda, avaliar a qualidade, abrangência e eficiência da educação praticada nos diversos níveis governamentais.

Esta edição terá a participação amostral de turmas de escolas da Educação Infantil, por meio de questionários, aplicação amostral de provas de Língua Portuguesa e Matemática para turmas do 2ª série do Ensino Fundamental e de testes de Ciências Humanas e Ciências da Natureza para turmas de 9ª série.

Também serão aplicados questionários eletrônicos para professores, auxiliares de sala, diretores de escolas e secretários municipais de Educação.

A coordenadora de avaliações institucionais da Secretaria Estadual da Educação (Seduc), responsável pelo Saeb no Estado, Salete Albuquerque, destaca a importância da participação dos estudantes e instituições:

“Trata-se do principal instrumento de avaliação da qualidade do ensino que temos no Brasil. As notas, juntamente com os dados do fluxo escolar, resultam no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica”.

Leitura, Matemática e Ciências

Até o dia 26, cerca de 100 escolas da rede estadual passam também por avaliação do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa), da Fundação Cesgranrio-RJ. Os trabalhos começaram no dia 8 e têm por objetivo verificar habilidades e competências dos estudantes sobre três áreas do conhecimento: Leitura, Matemática e Ciências.

Por amostragem, é aplicado um questionário contextual aos alunos e outro à instituição de ensino. O foco são os estudantes com idade entre 15 anos e três meses e 16 anos e dois meses.

Para esta primeira etapa, foram sorteados aproximadamente 7 mil alunos de Porto Alegre, Alvorada, Eldorado do Sul, Guaíba, Viamão, Cachoeirinha, Campo Bom, Canoas, Estância Velha, Esteio, Gravataí, Novo Hamburgo, Santo Antônio da Patrulha, São Leopoldo, Sapucaia do Sul e Lajeado.

O Pisa consiste em um estudo comparativo internacional realizado a cada três anos pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Oferecendo informações sobre o desempenho dos estudantes em uma idade que pressupõe o término da escolaridade básica na maioria dos países.

Com os resultados do Pisa, cada nação pode avaliar conhecimentos e habilidades de seus estudantes, em comparação aos de outros países, além de aprender com as políticas e práticas aplicadas no Exterior e formular seus programas educacionais, com o objetivo de melhorar qualidade e da aprendizagem. A segunda etapa do Pisa será realizada no ano que vem, com outras 300 escolas.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Países fecham acordo global sobre o clima que defende a redução do uso de combustíveis fósseis
Porto Alegre avalia retomada a tradicional festa de Ano Novo na orla do Guaíba
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada