Quinta-feira, 13 de Junho de 2024

Home Expointer Startup quer empoderar os produtores rurais no acesso ao crédito

Compartilhe esta notícia:

A jornada de crédito do produtor rural geralmente é difícil e complexa. Quando se busca crédito, a burocracia consome muito tempo, que poderia ser melhor empregado na própria atividade. Além disso, as esteiras de crédito rural tradicionais muitas vezes não são capazes de entregar, em níveis satisfatórios, agilidade e mitigação de risco, fundamentais para a virtuosidade do mercado de crédito ao agronegócio.

Sensíveis a isso, aplicando toda a experiência de seus fundadores, bem como os avanços que a tecnologia moderna proporciona, nasceu a AGROCPR, com o objetivo de integrar todo o ecossistema de crédito rural e tornar a jornada, antes complexa e demorada, uma oportunidade de estabelecer relações de crédito de modo mais simples, ágil e seguro.

“Levamos essa tarefa a um nível mínimo de esforço do produtor rural, sem mesmo ter que sair de sua casa. O acesso ao crédito está ao alcance da mão, através do celular, computador ou tablet. A partir de então, todo o processo fica ao nosso encargo, de forma simples, segura e livre de desperdícios”, conta Gueitiro Genso, um dos cofundadores da startup.

Nesse sentido, a AGROCPR se diferencia por ser sistêmica e oferecer uma inovadora infraestrutura tecnológica de gestão da informação, terceirização e automação de processos. “Monitoramos as áreas de produção quanto ao histórico de cultivo e desenvolvimento da lavoura vinculada à Cédula de Produto Rural (CPR), usando alta tecnologia para reduzir a assimetria de informações, um dos grandes gargalos do crédito agrícola”, afirma Genso. O resultado disso é a qualificação de todo o ecossistema, com a unificação dos processos e a conformidade das informações, conferindo transparência, agilidade e confiabilidade, onde ganham todos os elos da cadeia, em especial o produtor rural, que, empoderado, passa a interagir com agentes financiadores de forma mais ágil e transparente, resultando em um melhor custo-benefício.

A plataforma também promete entregar uma rede de originação de negócios em todo o país. Dessa forma, encurta o caminho entre as necessidades de crédito da agropecuária brasileira e os agentes financiadores. “Temos a convicção de que viemos para colaborar na transformação do atual modelo de crédito agrícola, com experiência, conhecimento e tecnologia. Queremos contribuir para tornar o agronegócio brasileiro ainda mais competitivo, em uma de suas últimas fronteiras sensíveis, que é superada por um inovador modelo de geração e gestão de crédito ao segmento”, relata o sócio e cofundador Edson Bündchen.

Estima-se um mercado anual de 400 bilhões em CPRs até 2026. Atualmente, com um ano de operação, a AGROCPR possui mais de 2.000 CPRs sob gestão e uma carteira que supera R$ 270 milhões. “Há um imenso mercado que precisa ser ocupado e, nesse cenário, queremos nos posicionar como o maior ecossistema de crédito do país”, comenta o cofundador Antonio Zanette.

“Não ignoramos os imensos desafios que nosso país tem pela frente. Temos também convicção de tudo o que já foi construído e queremos fazer parte dessa geração que ajudará a transformar para melhor o Brasil de amanhã”, comenta o sócio idealizador da startup Bernardo Vianna Waihrich. “A AGROCPR será o ambiente onde todos vão querer estar: teremos os melhores produtores, as melhores empresas e os melhores agentes financeiros, todos com uma excelente experiência de usuário”, completa.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Expointer

Setor de máquinas projeta recorde de vendas na Expointer 2022
Cooperativismo gaúcho visa chegar a R$150 bilhões de faturamento em cinco anos
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News