Quarta-feira, 01 de Dezembro de 2021

Home Economia Super Feirão Zero Dívida bate recorde de atendimentos para negociação de dívidas no Estado

Compartilhe esta notícia:

O Super Feirão Zero Dívida 2021 (SFZD) atinge patamar recorde em atendimentos a consumidores, com mais de 21 mil consultas realizadas no site do evento durante os dias 25 de outubro e 8 de novembro – número 90% superior à edição anterior. No ano de 2020, foram feitos cerca de 11 mil atendimentos. Em todo o Estado, a campanha acessou mais de 10 mil registros negativados, que correspondem a cerca de R﹩ 8 milhões em dívidas ativas encaminhadas para negociação com as empresas credoras.

A iniciativa da CDL POA para estimular a saúde financeira das famílias e a recuperação de crédito das empresas, principalmente no cenário de retomada econômica, abrangeu mais de 200 cidades gaúchas, por meio da Rede de Entidade Parceiras (entidades empresariais que oferecem serviços de proteção ao crédito), conectando consumidores a mais de 2,6 mil empresas. Desenvolvido para auxiliar as negociações do SFZD, o atendente virtual “Renê” impulsionou mais de 26 mil acessos ao site da campanha, neste ano – cerca de 4% superior a 2020.

O aumento do interesse dos consumidores na plataforma de negociação é reflexo de um ambiente ainda bastante cauteloso economicamente por parte das famílias, resultado dos impactos da pandemia de Covid-19. Segundo análise do Núcleo de Economia da CDL POA, mesmo com a diminuição do ritmo da atividade econômica, os percentuais de inadimplência não aumentaram e se mantêm em patamares históricos baixos. Dados da CDL POA/SCPC mostram que a inadimplência entre consumidores, sejam pessoas físicas ou jurídicas, no Rio Grande do Sul está estimada em 27,8%; em Porto Alegre, o percentual chega a 30%.

“Entendemos que as perspectivas para o futuro apontam para um crescimento da inadimplência, embora a expectativa não seja de uma alta explosiva. Além da inflação pressionada, os juros seguirão em elevação até meados do ano que vem”, detalha o economista-chefe da CDL POA, Oscar Frank.

Para o presidente da CDL POA, Irio Piva, a ação propõe facilitar acordos entre credores e devedores, em ações nas quais todos são beneficiados: “inadimplentes têm novamente poder de compra, e empresas podem atualizar dados de seus clientes e ter uma melhora significativa no crédito”. A data do evento propiciou também ao consumidor aproveitar a primeira parcela do 13º salário para colocar em dia suas dívidas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Economia

Traficante é preso transportando 300 quilos de maconha na Freeway
Cartão Cidadão pode ser retirado em municípios da Campanha, Fronteira e Sul do Estado
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada