Quinta-feira, 30 de Maio de 2024

Home Mundo Suspeito de atentado no Canadá morre logo após sua prisão

Compartilhe esta notícia:

O suspeito procurado pelas autoridades canadenses após uma onda de esfaqueamentos no fim de semana, que matou 10 pessoas dentro e ao redor de uma reserva indígena em Saskatchewan, no Canadá, morreu nesta quarta-feira (7), aparentemente de ferimentos autoinfligidos, logo após sua prisão.

A Polícia Montada Real do Canadá (RCMP) disse anteriormente que Myles Sanderson, 30 anos, foi detido perto da cidade de Rosthern, Saskatchewan, cerca de 100 km a sudoeste da área onde um dos atos mais sangrentos de violência em massa na história do país se desenrolou no último domingo (4).

A Global News, citando várias fontes policiais, informou que Sanderson se rendeu à polícia e foi levado vivo em uma ambulância após uma perseguição na estrada na qual a polícia jogou seu veículo para fora da estrada. Ele morreu pouco depois de ferimentos que as autoridades acreditam ter sido autoinfligidos.

A CBC News também informou que Sanderson morreu após ser levado sob custódia. Seu irmão mais velho e cúmplice acusado, Damien Sanderson, 31, foi encontrado morto na segunda-feira (6) em uma área gramada da Nação James Smith Cree.

A polícia está investigando se o irmão mais novo pode ter matado seu irmão e disse que Myles pode ter sofrido ferimentos que requerem atenção médica.

A RCMP, em um aviso no final da tarde anunciando a prisão de Sanderson, não deu detalhes sobre como o fim da caçada de quatro dias terminou, dizendo apenas: “Não há mais risco para a segurança pública relacionado a esta investigação”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Flamengo derrota Vélez e está na final da Libertadores contra o Atlhetico
Mega-Sena pode pagar R$ 60 milhões nesta quinta-feira
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde