Sexta-feira, 20 de Maio de 2022

Home Brasil Taxa de testes positivos de covid cai em fevereiro, mas ainda é resultado de 1 a cada 3 exames feitos no Brasil

Compartilhe esta notícia:

A taxa de testes rápidos com resultado positivo para a covid-19 voltou ao patamar de dezembro no Brasil, de acordo com números divulgados pela Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) nesta sexta-feira (18).

Apesar da queda, os números, referentes aos testes vendidos em farmácia, apontam que 31,9% dos resultados foram positivos entre os dias 7 e 13 e fevereiro – 1 a cada 3 exames. Nas semanas duas semanas anteriores, os casos positivos eram 42,3% e 36,7% do total.

Comparação 

Entre 7 e 13 de fevereiro, foram 98.936 testes positivos registrados, um número 40% menor do que a semana anterior, de 31 de janeiro a 6 de fevereiro;

A procura pelos testes também diminuiu, segundo a Abrafarma: foram 310.307 exames realizados no total entre 7 e 13 de fevereiro, com resultados negativos e positivos, um número 31% mais baixo do que a semana anterior;

Desde abril de 2020, as farmácias já realizaram 16.017.692 testagens, com 3.701.412 diagnósticos de covid-19 (23,11%) e 12.316.280 resultados negativos (76,89%).

Sérgio Mena Barreto, CEO da Abrafarma, informa que 18 estados e o Distrito Federal ainda estão com uma média de testes positivos acima da média nacional. Cinco ainda estão com percentuais acima de 40%: Piauí (47%); Acre (46%); Roraima (43%); Alagoas e Sergipe (ambos com 41%).

“Lugares mais populosos como São Paulo (28%) e Rio de Janeiro (19%) tiveram uma expressiva redução, o que colabora para puxar os números nacionais para baixo”, diz Barreto.

SRAG

Os casos notificados de Sindróme Respiratória Aguda grave apresentam “sinal forte de queda” nas tendências de longo e curto prazo, informa o último Boletim InfoGripe da Fiocruz, divulgado nesta sexta.

A tendência de longo prazo leva em conta as últimas seis semanas de análise, enquanto a de curto prazo, as últimas três. A análise desta sexta compreende o período de 6 a 12 de fevereiro.

De acordo com a Fundação, apenas 9 das 27 unidades federativas apesentam sinal de crescimento na tendência de longo prazo (últimas seis semanas) e 15 estados apresentam sinal de queda na tendência de longo prazo e estabilidade ou queda no curto prazo (últimas três semanas).

Os 9 Estados que apresentam sinal de crescimento são: Acre, Alagoas, Mato Grosso, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Rondônia.

Ainda segundo a Fiocruz, entre as capitais, 10 das 27 apresentam sinal de crescimento na tendência de longo prazo, 3 apresentam sinal de crescimento apenas na tendência de curto prazo, em 12 há sinal de queda na tendência de longo prazo e em duas delas a tendência de curto prazo apresenta sinal moderado de crescimento.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

OMS diz que quarentena pode ser de uma semana se o resultado de teste de covid for negativo e a pessoa não estiver mais com sintomas
União com empresas viabilizará programa de GLP para baixa renda, diz Petrobras
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde