Segunda-feira, 15 de Abril de 2024

Home Mundo Telescópio captura a visão mais nítida dos anéis de Netuno em décadas

Compartilhe esta notícia:

O telescópio espacial internacional James Webb capturou seus primeiros registros de Netuno, um gigante de gelo e o oitavo e mais distante planeta do nosso sistema solar. As imagens foram divulgadas pela Nasa, a agência espacial norte-americana, e a ESA, a agência espacial da Europa, na manhã desta quarta-feira (21).

Segundo a Nasa, o registro inédito revela não apenas a visão mais nítida em 30 anos dos anéis desse planeta distante como também suas principais características de uma perspectiva totalmente nova.

Não visível

Nas novas imagens, é possível ver seus anéis (Netuno tem pelo menos cinco anéis principais formados por bilhões de partículas de rocha, gelo e poeira) e algumas faixas de poeira mais fracas do único planeta em nosso sistema solar que não é visível a olho nu.

As novas fotos surpreenderam os cientistas: “Faz três décadas desde a última vez que vimos esses anéis fracos e empoeirados, e esta é a primeira vez que os vemos no infravermelho”, disse Heidi Hammel, cientista da equipe interdisciplinar do telescópio James Webb.

14 luas

Os registros foram produzidos por meio da Near-Infrared Camera (NIRCam) do observatório, que possui três filtros infravermelhos que mostraram os detalhes do planeta, que está mais de 30 vezes longe do Sol do que a Terra.

Com o equipamento, o Webb também conseguiu capturar sete das 14 luas conhecidas de Netuno. Na foto, um ponto de luz muito brilhante se destaca ao lado de Netuno, a lua do planeta, chamada de Tritão.

Marte

O telescópio espacial James Webb começou a operar há alguns meses, sempre nos dando novos detalhes sobre galáxias e fenômenos astrológicos distantes graças a suas lentes poderosas. Mas suas lentes não servem apenas para observar o que está longe de nós, podendo ser direcionadas para astros mais próximos de nós, como Marte.

E foi isso que o James Webb fez em 5 de setembro, com as imagens vindo ao público pela primeira vez nesta segunda-feira (19) através do Twitter da Agência Espacial Europeia (ESA), uma das que opera o telescópio espacial internacional, junto da NASA e da Agência Espacial Canadense (CSA).

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Falta de carro, caminhada e perda de reunião expõem tensão entre Palácio do Planalto e o Ministério das Relações Exteriores
Crédito a pessoas físicas fica 32% mais caro em um ano e meio
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada