Segunda-feira, 15 de Agosto de 2022

Home Esporte Tênis: Roger Federer tem pior ranking desde 1999

Compartilhe esta notícia:

Fora das quadras há um ano, Roger Federer tem hoje seu pior ranking desde 1999. Com as pontuações atualizadas divulgadas pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), o suíço perdeu mais 28 posições e chegou ao posto de 96º.

A última vez que ele jogou foi na edição de Wimbledon do ano passado, quando chegou até as quartas de final. Em 2022, Federer ficará de fora do tradicional Grand Slam disputado na grama do All England Club, do qual ele foi campeão oito vezes, sendo cinco delas consecutivas.

Recordista de títulos no torneio, ele estreou em 1998 como campeão juvenil daquele ano. O veterano esteve na chave principal do Grand Slam em todas as edições de Wimbledon de 1999 até 2021.

Competições

Aos 40 anos, Federer disputará apenas duas competições neste ano. O suíço participará de mais uma edição da Laver Cup, que acontecerá em Londres entre 23 e 25 de setembro, e também jogará o ATP 500 da Basileia, entre 24 a 30 de outubro. Mas o veterano, que ainda se recupera de cirurgia no joelho, mira mesmo a temporada de 2023 do circuito profissional.

Em entrevista ao jornal suíço Tages Anzieger, Federer foi perguntado se ele planeja disputar o circuito regularmente no ano que vem se o joelho permitir, e a resposta foi positiva. “Definitivamente, sim. Como e onde, eu ainda não sei. Mas a ideia seria essa”.

O vencedor de 20 títulos de Grand Slam reitera que a Laver Cup e o ATP da Basileia servirão como testes para ele. “Ainda não planejei mais do que isso. Até porque, depois de Basileia, a temporada acaba de qualquer maneira. É importante para mim ficar em forma novamente para que eu possa treinar totalmente. Depois disso, posso escolher quantos torneios vou jogar e onde”.

“A Laver Cup é um bom começo, porque não tenho que jogar cinco partidas em seis dias, mas isso ainda pode acontecer na Basileia”, ponderou o ex-número 1 do mundo. “É por isso que tenho que me preparar. Estou curioso para saber o que ainda está por vir. Mas estou esperançoso, porque já percorri um longo caminho. não estou longe. Os próximos três ou quatro meses serão extremamente importantes”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Mesmo com um jogador a mais, Inter perde de virada por 3 a 2 para o Botafogo pelo Campeonato Brasileiro
Avião que transportava Neymar faz pouso de emergência em Roraima
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa