Quinta-feira, 26 de Maio de 2022

Home Colunistas Teorias do PT quebraram o país, lembra o Estadão

Compartilhe esta notícia:

O PT usa a aproximação com Geraldo Alckmin como forma de vender uma imagem que substitua o legado desastroso que deixou para o país. Em editorial deste domingo, o Estadão lembra que a passagem do PT pelo governo federal deixou um longo passivo “que não surgiu agora, nem está relacionado apenas à Lava Jato”. Recorda que Dilma Rousseff, agora escondida debaixo do tapete, foi escolhida por Lula. Segundo palavras do próprio Lula, a relação entre os dois é de criador e criatura. Foi no governo de Dilma Roussef  “que a população experimentou o que é um governo com o PT pondo em prática suas teses e ideias. Pouquíssima gente quer isso de volta, por saber bem a dimensão dessa rejeição”, diz o Estadão. O editorial recorda que, questionado sobre o papel de Dilma em um eventual novo governo do PT, Lula não teve dó de sua criatura, atribuindo-lhe a mais cabal irrelevância. “O tempo passou. Tem muita gente nova no pedaço”, disse em entrevista. Se o tempo passou para Dilma, passou também para Lula.

Roberto Jefferson volta ao comando do PTB

Roberto Jefferson, um dos presos políticos do Brasil, por determinação do ministro do STF Alexandre de Moraes, está retornando ao comando nacional do PTB depois de confirmar uma traição da sua afilhada, Graciela Nienov, que entregou uma carta de demissão aos dirigentes do partido. Foram decisivos na sua decisão, vários áudios que vieram e público e que indicam um suposto golpe para manter Roberto Jefferson preso. Neste domingo, Jefferson divulgou uma carta, através de seu advogado, revelando detalhes da traição.

Lockdown falhou e destruiu milhões de meios de subsistência, diz relatório do JP Morgan

O chefe global de pesquisa macro-quantitativa e de derivativos do J.P. Morgan Marko Kolanovic, atualizou seus estudos sobre o tema para concluir que “o lockdown falhou e destruiu milhões de meios de subsistência em todo o mundo”. O relatório do banco critica a decretação de medidas baseadas em “artigos científicos falhos” por governos “assustados”, causando colapso econômico sem precedentes e mais mortes do que o vírus.

O relatório de pesquisa de Marko Kolanovic avalia que os governantes se assustaram com “artigos científicos falhos” e decretaram lockdowns “ineficientes ou atrasados” que destruíram empresas, empregos e vidas sem, contudo, mudar o curso da pandemia.

Gabriel Souza renuncia à presidência para manter acordo na Assembleia

Provável candidato do MDB ao governo do Estado, o  presidente da Assembleia Legislativa, Gabriel Souza (MDB), e os demais membros da mesa diretora apresentarão hoje, no inicio da sessão plenária, seus pedidos de renúncia aos cargos. A medida vai permitir que seja convocada nova eleição para cumprir o acordo político que elegerá o deputado Valdeci Oliveira, nome indicado pelo PT para presidir o Legislativo. O regimento interno da Assembleia prevê mandatos de dois anos para a mesa diretora. O acordo político firmado no início da legislatura dividiu o comando do Legislativo entre as quatro maiores bancadas: PTB, PP, MDB e agora o PT. Valdeci terá como vice-presidente Luiz Marenco (PDT) e Ernani Polo (PP).

As conversas do PR

Sem pressa e no momento próprio, o presidente Jair Bolsonaro terá uma conversa franca com o ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, e com o senador Luis Carlos Heinze sobre a eleição para o governo do Rio Grande do Sul.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Colunistas

TSE ignora pedido das Forças Armadas sobre urnas
Alckmin na vice de Lula pode até implodir o PT
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada