Terça-feira, 17 de Maio de 2022

Home Tecnologia Três passos para fazer a correção de bugs comuns no smartphone

Compartilhe esta notícia:

No mundo tecnológico um dos acontecimentos mais frustrantes é quando determinado comando no aparelho não responde como esperado. Ou então, quando o usuário está no meio de uma atividade e sem nenhuma explicação um aplicativo ou o próprio sistema do aparelho trava e reinicia sozinho.

Independente do modelo, todos os smartphones estão suscetíveis a erros que podem dificultar e até impedir o acesso às informações. A notícia boa é que atualmente existe o Dr.Fone, um software capaz de solucionar problemas complexos com apenas alguns cliques. Qualquer usuário pode resolver os bugs que causam problemas no smartphone.

O que são bugs?

Bugs são os erros ou falhas que ocorrem nos sistemas ou aplicativos dos smartphones e acarretam seu mau funcionamento. Como os softwares são construídos com códigos e lógica, quando existe algum conflito na comunicação entre estes códigos, acontece o bug. Esse erro faz com que não seja mais possível executar um aplicativo.

E o problema aqui não é apenas o mau funcionamento ou o acesso aos dados e informações. A maior questão para ficar alerta quanto aos bugs está na instabilidade de segurança. Quando um bug ocorre em aplicativos que acessam a internet, o aparelho está suscetível a falhas na segurança.

Esta vulnerabilidade facilita o trabalho de hackers, informações sigilosas podem ser roubadas, e quando são incluídos, vírus de espionagem passam a acessar e controlar o aparelho, câmera e microfone. Quando o usuário percebe os bugs, pode levar o aparelho para uma assistência técnica ou utilizar um software específico, para que mesmo sem conhecimento consiga reparar smartphones Android ou iOS.

Quais são os bugs mais comuns?

Os principais bugs que os usuários de Android enfrentam se referem a famosa tela preta da morte, onde nenhum comando responde como esperado. Neste sentido, também pode acontecer do sistema não ligar, desligar ou reiniciar. Ou ao contrário, o Android fica reiniciando sozinho, impossibilitando o uso do celular.

Usuários também relatam problemas no smartphone quando o Android precisa ser atualizado, mas o processo não é concluído. E um dos mais recentes, a vida útil da bateria. Também existe o cenário em que aplicativos ficarem inacessíveis, ou seja, apesar de aparecerem na tela, é como se estivessem congelados. Estas são as maiores reclamações de quem usa Android e, apesar de muitas pessoas afirmarem que o sistema iOS tem um desempenho superior, em comparação a outros sistemas operacionais, os dispositivos da Apple também estão sujeitos a bugs.

Similar ao Android, um erro do iOS é a tela branca ou preta da morte, fazendo com que o iPhone não responda aos comandos necessários. Outro bug está relacionado a reinicialização constante, que pode acontecer ao ligar, ou durante a utilização. O ato de reiniciar acontece mesmo que o usuário não tenha dado comando para tal.

Esta resposta do sistema de continuar recomeçando podem ser relativas a um bug no modo DFU: o sistema fica preso a um ciclo interminável de reinicializações. Se o Android sofre com a inconclusão da atualização do sistema, o iOS não conclui o processo de recuperação.

Tanto Android como iOS sofrem problemas relacionados ao reconhecimento facial, impossibilitando realizar qualquer comando, sendo necessário apagar o perfil e criar um novo. A boa notícia, tanto para quem usa iOS, como para quem usa Android, é que é possível corrigir os bugs e reparar os dados do seu smartphone e continuar utilizando-o perfeitamente.

Dr.Fone: a solução para corrigir os problemas no smartphone

Para corrigir problemas que podem até serem considerados bugs corriqueiros, a gigante da tecnologia Wondershare desenvolveu o Dr Fone. Um software simples, que possibilita que pessoas, mesmo sem habilidades de programação, consigam realizar o processo de reparação do sistema.

É fácil corrigir bugs, sem fazer esforço e sem precisar sair de casa, tudo com apenas poucos passos – 3 para ser mais preciso.

Para iniciar, abra o Dr.Fone, que já deve estar instalado em seu computador. Clique na opção Reparação do Sistema, então, conecte seu smartphone.

A seguir, selecione a marca, nome, modelo, país/região, a operadora utilizada e clique em avançar.

O terceiro passo é seguir as instruções na tela do seu celular e por fim, aguardar a finalização de todo o processo de reparação.

Pronto! Seu aparelho já está novo e pronto para ser utilizado, livre de bugs e erros.

Assim, em poucos minutos e sem estresse, você consegue corrigir bugs comuns do smartphone e voltar a utilizar o seu celular com tranquilidade. Nada como uma dica capaz de deixar tudo mais prático, não é mesmo?

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Tecnologia

Fone do futuro pode identificar você pelo formato da orelha
Spotify: Entenda o dilema da plataforma entre liberdade de expressão e suas próprias regras contra a desinformação
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Bom Dia