Domingo, 23 de Junho de 2024

Home Colunistas Trio de apostas

Compartilhe esta notícia:

A Portaria Interministerial que define competência dos Ministérios da Fazenda e Esporte na gestão das apostas esportivas publicada ontem foi um arranjo político do Governo e apelidada pelo setor como “menage a trois”. A normativa, assinada pelos ministros da Fazenda, do Esporte e Advogado-Geral da União, define que a competência em autorizar a exploração da modalidade é da Secretaria de Prêmios e Apostas, após a anuência do Ministério do Esporte, que se manifestará no prazo de até 45 dias da submissão. Em caso de divergência entre o exame prévio realizado pela Secretaria de Prêmios e Apostas do Ministério da Fazenda e a manifestação do Ministério do Esporte, a questão será submetida à AGU. Uma troca ‘doida’ de passes.

5 mil em casa

A Justiça do Rio Grande do Sul autorizou a prisão domiciliar de todos os apenados em regime semiaberto no Estado, em razão das enchentes, e com monitoramento eletrônico. São em torno de 5 mil pessoas nestas condições, segundo levantamento da Secretaria de Segurança do Estado do final de 2023 e registrado no jornal “O Sul”.

Cheque em branco

A Assembleia Legislativa do Maranhão acatou pedido do Governo e aprovou o PL 214/24, que desobriga o Executivo a investir o valor integral dos 40% dos recursos dos precatórios do Fundef na Educação. A Pasta, que antes receberia mais de R$ 1,52 bilhão, ficará com o percentual relativo ao valor original da dívida, R$ 637,5 milhões. O restante, referente aos juros de mora, fica como cheque em branco para o Estado.

Oncologia avança

Líder em tratamento oncológico na América do Sul, a brasileira Oncoclínicas, comandada por Bruno Ferrari, captou ontem R$ 1,5 bilhão via Banco Master e sob consultoria da XP Investimentos. O aporte terá alteração societária na gigante do setor, com uma fatia maior agora para o Master, capitaneado por Daniel Vorcaro, e para o próprio Ferrari – que dobrará sua percentagem na sociedade.

Robôs do Senac

O Senac-DF apresentou ontem dois robôs na Faculdade de Tecnologia e Inovação da instituição. São Ian e SofiA. Eles contam com inteligência artificial, foram fabricados no Brasil, e serão programados pelos 1,4 mil alunos da faculdade. “A IA já é uma realidade e anda de mãos dadas com a tecnologia. O objetivo é oferecer oportunidades de interações educativas no dia a dia”, diz o diretor do Senac-DF, Vitor Corrêa.

Anti mosquito

O surto de dengue no Brasil tem chamado atenção de empresas. A Inesfly anunciou a construção de duas fábricas no Brasil, com previsão de alcançar até mil municípios nos próximos anos. A empresa fornecerá aos Governos uma tinta inseticida que mata o vetor de doenças como a dengue, repelentes, limpadores de pisos e larvicidas. A empresa também já mira também o mercado privado.

Com Equipe DF, SP e RJ

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Colunistas

Em situação de desastre flexibilizar sim. Desrespeitar não!
Biden “melhora” merreca ao RS e o governo aceita
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde