Terça-feira, 17 de Maio de 2022

Home coronavírus Vacinação infantil contra a covid segue nesta quarta-feira, em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Segue nesta quarta-feira (2), a vacinação infantil contra a covid. A primeira dose de Coronavac estará disponível para todas as crianças de 6 a 11 anos, exceto as imunocomprometidas, em 25 unidades de saúde e na Unidade Móvel, que estará na Praça Dr. Salomão Pires de Abraão, na Ilha da Pintada, das 9h às 15h.

A segunda dose do imunizante será aplicada nos mesmos locais, em crianças vacinadas até 2 de fevereiro (28 dias). Já a primeira dose da vacina pediátrica da Pfizer será oferecida em 14 unidades de saúde para todas as crianças de 5 a 11 anos.

Agendamento da vacinação infantil

Também é possível agendar a imunização através do app 156+POA, para o período noturno. A vacina da Pfizer é oferecida para crianças de 5 a 11 anos nas unidades Morro Santana, Diretor Pestana e Primeiro de Maio, das 18h às 21h. Já a Coronavac, para crianças de 6 a 11 anos, exceto imunocomprometidas, na unidade Morro Santana, no mesmo horário.

Vacinação de adultos

A vacinação para a população acima de 12 anos irá ocorrer em 34 locais: Shopping João Pessoa e 33 unidades de saúde – quatro delas com atendimento até as 21h (Belém Novo, Ramos, São Carlos e Tristeza).

Serviço da vacinação

O quê: primeira dose da vacina contra a covid-19 para adultos.
Público: pessoas com 12 anos ou mais.
Onde: 33 unidades de saúde e Shopping João Pessoa.
Documentação: documento de identidade com CPF.

O quê: primeira dose da vacina pediátrica da Pfizer

Público: todas as crianças a partir de cinco anos.
Onde: 14 unidades de saúde.
Documentação: documento de identidade do pai, mãe ou responsável legal e da criança. Os pais ou responsáveis legais devem estar presentes no momento da vacinação ou enviar autorização assinada.

O quê: primeira e segunda dose para crianças (Coronavac) 

Público primeira dose: todas as crianças a partir de seis anos (exceto imunocomprometidas).
Público segunda dose: crianças vacinadas com o imunizante até dois de fevereiro (28 dias).
Onde: 25 unidades de saúde e na Unidade Móvel (Praça Dr. Salomão Pires de Abraão s/n – Rua capitão Coelho- Ilha da Pintada), das 9h às 15h.
Documentação: documento de identidade do pai, mãe ou responsável legal e da criança. Os pais ou responsáveis legais devem estar presentes no momento da vacinação ou enviar autorização assinada.

O quê: segunda dose para adultos (Coronavac)

Público: pessoas que receberam a primeira dose até 2 de fevereiro (28 dias).
Onde: 22 unidades de saúde e Shopping João Pessoa.
Documentação: identidade com CPF e carteira com registro da primeira aplicação.

O quê: segunda dose para adultos (Pfizer e AstraZeneca)

Público: pessoas que receberam a primeira dose até 5 de janeiro (oito semanas).
Onde: 33 unidades de saúde e Shopping João Pessoa.
Documentação: identidade com CPF e carteira com registro da primeira aplicação.

O quê: terceira dose (dose de reforço)

Público: pessoas acima de 18 anos vacinadas com a segunda dose até 2 de novembro (quatro meses) e imunocomprometidos com a segunda dose até 2 de fevereiro (28 dias).
Onde: 33 unidades de saúde e Shopping João Pessoa.
Documentação: documento de identidade com CPF e carteira de vacinação com o registro das duas doses. Imunossuprimidos devem apresentar também comprovante da condição de saúde por meio de atestado médico, nota de alta hospitalar ou receita de medicação.

O quê: Dose de reforço da Janssen

Público: pessoas vacinadas com a primeira dose da Janssen até 2 de janeiro (dois meses).
Onde: sete unidades de saúde (Álvaro Difini, Assis Brasil, Glória, IAPI, Santa Cecília, São Carlos e Tristeza) e Shopping João Pessoa.
Documentação: documento de identidade com CPF e carteira de vacinação com o registro da Janssen.

O quê: quarta dose

Público: imunocomprometidos acima de 18 anos vacinados com a terceira dose até 2 de novembro (quatro meses).
Onde: 33 unidades de saúde e Shopping João Pessoa.
Documentação: documento de identidade com CPF, carteira de vacinação e comprovante da condição de saúde por meio de atestado médico, nota de alta hospitalar ou receita de medicação.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de coronavírus

Plástico corresponde a 48,5% dos itens encontrados no mar do Brasil
Entenda o que são as bombas de fragmentação e saiba por que o Brasil já foi denunciado por produzi-las
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde