Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2024

Home Você viu? Volkswagen vai produzir caminhões e ônibus na Argentina

Compartilhe esta notícia:

A Volkswagen Caminhões e Ônibus (VWCO) vai produzir veículos na Argentina. Segundo a empresa, a linha de produção será na cidade de Córdoba. A previsão é de que a inauguração ocorra no início de 2024. O anúncio foi feito  durante encontro que reuniu o ministro da Economia da Argentina, Sergio Massa, o presidente da VWCO, Roberto Cortes, e outras autoridades e executivos.

De acordo com a Volkswagen Caminhões e Ônibus, em Córdoba já são feitas transmissões para carros. Além disso, neste mês a unidade começa a produzir a motocicleta Scrambler 803, da Ducati. A marca italiana pertence à Audi que, por sua vez, faz parte do Grupo Volkswagen.

Os veículos pesados vão ser feitos em uma área exclusiva, com 15 mil m². Conforme a VWCO, na Argentina serão produzidos os caminhões Delivery 9.170 e 11.180. Bem como as versões chassis-cabine e cavalo-mecânico do Constellation 17.280. Além disso, da nova linha de montagem vai sair o chassis de ônibus Volksbus 15.190 OD.

No Brasil, a VWCO foi a líder de vendas de caminhões em 2021. E mantém a liderança de emplacamentos do setor neste ano. De acordo com a Fenabrave, no acumulado de janeiro a novembro a participação da empresa é de 28,22%. Em seguida vem a Mercedes-Benz, com 27,3%. No caso de ônibus, as posições se invertem. Em 2022 a Mercedes-Benz responde por 51,56% das vendas e a VWCO, por 21,89%.

O inicio de produção da Volkswagen Caminhões e Ônibus na Argentina faz parte do processo de internacionalização da companhia. Para isso, a Traton, dona da empresa, da Scania, da MAN Truck & Bus, e da Navistar, vai ampliar o compartilhamento de soluções entre as marcas do grupo. O sistema modular para ser utilizado por todos os veículos pesados dessas empresas foi batizado de Common Base Engine (CBE). Porém, não inclui elétricos – o foco são caminhões e ônibus com motores a combustão.

O objetivo é permitir o desenvolvimento, a aquisição e produção de componentes de forma integrada. Com isso, a meta é reduzir os custos e aumentar a competitividade no mundo todo. Como resultado, o primeiro fruto da CBE é o motor de 13 litros que equipa o Scania R 460 europeu. O seis-cilindros chega à linha Navistar em 2023. Depois, vai equipar os caminhões da MAN em 2024. Por fim, será oferecido nos modelos da Volkswagen Caminhões e Ônibus a partir de 2028.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Você viu?

Após festas em São Paulo, Neymar faz noite de jogos com os “parças” em Santa Catarina
Tatuador de Richarlison defende tatuagens polêmicas
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde