Segunda-feira, 22 de Abril de 2024

Home Rio Grande do Sul Volume de serviços recua 2,8% em abril no Rio Grande do Sul

Compartilhe esta notícia:

Em abril de 2022, o volume de serviços no Rio Grande do Sul recuou 2,8% frente a março, na série com ajuste sazonal, segundo a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgada nesta terça-feira (14).

O setor de serviços se encontra, em abril de 2022, 9,6% acima do nível de fevereiro de 2020 (pré-pandemia) e 10,1% abaixo de abril de 2014 (ponto mais alto da série histórica). A queda no volume de vendas no Estado teve uma das principais influências negativas no índice nacional (0,2%), ao lado de São Paulo (-0,5%), Minas Gerais (-2,8%) e Distrito Federal (-8,2%).

O índice de média móvel trimestral foi de 2,2% no trimestre encerrado em abril de 2022 frente ao nível do mês anterior, quarto resultado positivo consecutivo.

Na série sem ajuste sazonal, frente a abril de 2021, o volume de serviços cresceu 16,8% e assinalou a décima quarta taxa positiva consecutiva. O volume de serviços acumula alta de 16,3% no ano, frente a igual período de 2021. O acumulado nos últimos 12 meses passou de 17,8% em março para 17,1% em abril de 2022, interrompendo trajetória ascendente iniciada em fevereiro de 2021 (-13,4%).

Serviços crescem 16,8% frente a abril de 2021

Em relação a abril de 2021, o volume de serviços avançou 16,8% no Rio Grande do Sul, atingindo todas as cinco atividades pesquisadas. O principal impacto veio dos transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (13,9%), que contribuiu com 4,8 pontos percentuais (p.p.) para o índice interanual de abril. Já a maior variação (54,7%) foi a dos serviços prestados às famílias. Na sequência vieram os avanços de outros serviços (43,3%), dos serviços profissionais, administrativos e complementares (19,1%) e serviços de informação e comunicação (6,1%).

Atividades turísticas crescem 1,3% em abril

Em abril de 2022, o índice de atividades turísticas no Rio Grande do Sul apontou expansão de 1,3% frente ao mês imediatamente anterior, segundo resultado positivo consecutivo, período em que acumulou um ganho de 9,6%. Com esse resultado, o segmento de turismo gaúcho se encontra 4,8% acima do patamar de fevereiro de 2020. O crescimento observado no Estado, movimento acompanhado pelos demais 11 locais pesquisados, ficou abaixo da média nacional (2,5%).

Na comparação entre abril de 2022 e abril de 2021, o índice de volume de atividades turísticas no Rio Grande do Sul apresentou expansão de 104,5%, décima terceira taxa positiva seguida. No acumulado do primeiro quadrimestre de 2022, o agregado especial de atividades turísticas mostrou expansão de 70,7% frente a igual período do ano passado.

Dados no Brasil

De acordo com o IBGE, o volume de serviços variou 0,2% em abril no País, acumulando alta de 9,5% em 2022 na comparação com o mesmo período de 2021. Com esse resultado, o setor está 7,2% acima do nível pré-pandemia, de fevereiro de 2020. Já as atividades de transporte de passageiros cresceram 2,3% em abril, chegando a 0,1% acima do nível de fevereiro de 2020.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Presidente Joe Biden culpa a Rússia e o republicanos por inflação elevada nos Estados Unidos
Em encontro com MDB nacional, Gabriel Souza reafirma pré-candidatura ao governo gaúcho
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada