Sexta-feira, 14 de Junho de 2024

Home Tecnologia Webcam é melhor do que a câmera do notebook? Conheça 6 modelos testados

Compartilhe esta notícia:

Com a ascensão do home office, a webcam voltou a ganhar mercado, atraindo quem precisa ou prefere uma qualidade melhor de imagem para reuniões e ou aulas on-line.

Afinal, os notebooks têm câmeras de qualidade baixa, que não permitem ajustes e deixam o vídeo escuro demais ou com péssima definição.

Foram testados seis modelos de webcams, com preços que iam de R$ 250 a R$ 1.700 nas lojas on-line em março. Todas as câmeras têm uma qualidade de imagem melhor que a de notebooks, em geral, mesmo nos modelos mais baratos.

As webcams testadas foram: Dell 4K UltraSharp; Lenovo 300 FHD; Logitech C920; Logitech Streamcam Plus; Microsoft LifeCam Cinema HD; Multilaser Webcam Ultra HD 2k.

O que as câmeras do teste têm em comum: Resolução HD ou superior, chegando a 4K na câmera da Dell; São do tipo “plug & play” – basta conectar ao computador e são reconhecidas pelo sistema operacional de forma automática; Vêm com suporte para prender no monitor ou em um tripé.

Dell 4K UltraSharp

A Dell 4K UltraSharp é a câmera mais avançada entre as testadas, e isso tem um preço alto. No meio de março, ela era vendida nas lojas on-line por R$ 1.700, sendo a mais cara entre as avaliadas.

A webcam tem resolução 4K (8,3 megapixels), com ajuste de ângulo de imagem – com plano mais aberto ou fechado – e foco automático, programado para deixar o interlocutor sempre em destaque. É um modelo mais voltado ao uso corporativo do que ao doméstico.

A câmera, ao ser conectada a um notebook com Windows 11, instalo sozinha, sem nenhuma interferência, o aplicativo Dell Peripheral Manager, para gerenciamento do produto.

Nos testes, a imagem dos vídeos em chamadas e no app de Câmera do Windows 11 foi excelente, com cores bem definidas e realistas e foco rápido que acompanha o rosto. A qualidade é um pouco melhor que a dos dois modelos da Logitech (C920 e StreamCam).

A câmera tem certificação para o Microsoft Teams e é otimizada, segundo a Dell, para uso em outros apps como Skype, Google Meet, Blue Jeans e Slack, entre outros.

Lenovo 300 FHD

A Lenovo 300 FHD é o modelo mais barato entre as webcams testadas. Custava R$ 250 nas lojas on-line em março.

A câmera, com acabamento em plástico, tem uma tampa móvel de privacidade e se encaixa com facilidade em notebooks e monitores. Sua resolução é de 2 megapixels, capaz de gerar imagens em Full HD (1920 x 1080).

A instalação é automática, sem software. Basta conectar o cabo com conector USB-A e começar a usar, sem apps da fabricante para maior controle da imagem. O microfone duplo integrado é bom.

A qualidade de imagem é melhor que a dos notebooks em geral. Mesmo uma câmera “barata” aprimora bastante a experiência em vídeo.

Entre as concorrentes do teste, a Lenovo 300 FHD fica na mesma faixa da Multilaser e da Microsoft – os outros dois modelos mais em conta da lista. A fabricante indica que a câmera é compatível com os principais apps de videoconferência.

Logitech C920S

Com resolução Full HD, a Logitech C920S teve o melhor desempenho entre as webcams mais em conta, em comparação com Lenovo, Microsoft e Multilaser. O modelo era vendido em março nas lojas on-line por R$ 500.

A qualidade de imagem é excelente, com nitidez e cores bastante realistas. O áudio, com dois microfones, também é muito bom.

A câmera de 3 megapixels funciona direto ao ser conectada ao PC, mas o aplicativo Logitech Connect (para Mac e Windows) aprimora a experiência, com configurações mais avançadas para apresentações on-line.

O app, que precisa ser baixado do site da fabricante, permite criar vídeos com uma segunda tela sendo mostrada no mesmo painel, ajustar o “chroma-key” (tela verde com mudança de fundo) e gerar caracteres escritos no vídeo. É uma boa solução para gravar aulas ou apresentações corporativas com qualidade de imagem e sem ter muito trabalho.

A câmera tem uma tampa de privacidade e seu apoio traz encaixe para tripé, além do monitor ou notebook. A Logitech diz que o modelo é compatível com os principais apps de videochamada.

Logitech StreamCam Plus

A Logitech StreamCam Plus é a webcam que mais se aproxima da Dell 4K UltraSharp em qualidade de imagem e em preço. A câmera custa em torno de R$ 1.300 nas lojas on-line.

A resolução é Full HD e dois microfones integram o equipamento. A imagem tem excelente definição e reprodução de cores, com boa qualidade de som também. O foco é automático e pode seguir o rosto do apresentador.

O modelo é feito para quem faz transmissões ao vivo pela internet. Tem certificações para software de streaming ao vivo, como Twitch e YouTube, entre outros.

A webcam também pode acessar o app Logitech Connect para controle de configurações. E é a única entre as câmeras testadas que usa um conector USB-C – as demais usam conector USB-A, mais comum para encaixar no computador.

Entre as câmeras do teste, foi a única a travar o Windows 11 – apenas uma vez, porém.

Na caixa, além do suporte para tela, a Logitech inclui um pequeno tripé para apoiar na mesa. Mas a webcam não tem um acessório ou tampa para privacidade.

LifeCam Cinema HD

A LifeCam Cinema HD, da Microsoft, é um modelo pequeno e compacto que se encaixa no topo do notebook ou monitor. Sua resolução de 720p (1280 x 720) é a menor entre as câmeras testadas.

Os resultados mostram isso, com a imagem nítida, mas com cores menos definidas.

É muito parecida com a câmera da Lenovo, mas tem a vantagem de contar com um microfone com cancelamento de ruído para melhorar a qualidade da voz nas chamadas.

A webcam é certificada para uso com o Teams, da própria Microsoft, e para outros aplicativos de videochamadas.

A LifeCam Cinema HD não traz nenhum aplicativo adicional para uso – basta conectar ao Windows e usar. O modelo também não oferece uma tampa de privacidade na lente da câmera.

A LifeCam Cinema HD custava R$ 600 nas lojas on-line no meio de março.

Multilaser Ultra HD 2K

A Multilaser Ultra HD 2K é uma webcam com resolução 2K (2.048 x 1.080) e 7 megapixels.

Sua qualidade de imagem é comparável à da Lenovo e da Microsoft, mas tende a ficar um pouco mais avermelhada nas chamadas de vídeo, com cores menos próximas da realidade. Porém, a qualidade de som é muito boa, graças ao microfone com redução de ruídos.

A webcam tem foco automático e não tem software de ajustes – basta conectar e usar. A lente conta com uma tampa de privacidade. A Multilaser não informa se a câmera é certificada para apps de videochamadas – testes com Google Meet e Microsoft Teams rodaram sem problemas.

O preço da Multilaser Ultra HD 2K nas lojas on-line era de R$ 400 no meio de março.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Tecnologia

“Estou aqui porque fiz ‘O poderoso chefão’”, diz o ator Al Pacino ao falar sobre o filme épico que o consagrou e que estreou há 50 anos
Romário: “As pessoas com Síndrome de Down podem e devem ser abraçadas por todos”
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde