Terça-feira, 25 de Junho de 2024

Home em foco WhatsApp contrata 200 advogados para lidar com questões eleitorais

Compartilhe esta notícia:

O aplicativo de mensagens WhatsApp, controlado pela empresa Meta, contratou 200 advogados para atender a eventuais pedidos da Justiça durante as eleições deste ano.

A plataforma não modera o conteúdo das mensagens, com a justificativa de que são protegidas por criptografia. Por outro lado, o serviço é frequentemente buscado para disseminação de notícias falsas.

O chefe de políticas públicas para o WhatsApp no Brasil, Dario Durigan, diz que a empresa tem tentado coibir a desinformação e evitar o disparo de mensagens em massa. O aplicativo usa mecanismos para identificar e fechar contas automáticas. A média global, segundo Durigan, é de oito milhões de fechamentos por mês.

Além disso, o app limita o encaminhamento de mensagens por meio de grupos. O WhatsApp ainda vem ajuizando ações para pedir o banimento de empresas especializadas em disparos em massa.

No início de setembro, a plataforma ampliou sua parceria com o Tribunal Superior Eleitoral, lançada em abril, para checagem de informações. O serviço está disponível para usuários conectados ao número da corte: (61) 99637-1078.

É possível compartilhar mensagens recebidas com informações ligadas ao processo eleitoral. Quatro agências de checagem conferem o conteúdo e devolvem a resposta ao TSE, que a repassa ao solicitante.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Passagem de furacão deixa 35 mortos nos Estados Unidos
Massacre em São Paulo que matou 111 presos no Carandiru completa 30 anos sem prisões de PMs condenados ou desfecho na Justiça
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias