Domingo, 16 de Junho de 2024

Home Eleições 22 William Bonner se irrita com Lula e Bolsonaro em debate

Compartilhe esta notícia:

O jornalista William Bonner, mediador do debate presidencial da TV Globo na noite desta sexta-feira (28), deu uma “bronca” em Jair Bolsonaro e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) durante o programa. No quarto bloco, o apresentador deu o aviso durante questionamento de Bolsonaro sobre geração de empregos.

Lula afirmou que não entendeu a primeira pergunta de Bolsonaro.“Eu, sinceramente, não entendi. Ele está falando para dentro, não consegui entender. Fala um pouco mais alto, fala sem vergonha, fala alto”, afirmou Lula ao adversário.

Bolsonaro cobrou que não perdesse tempo dentro de seus cinco minutos por precisar refazer a pergunta para Lula. Bonner, sem paciência, afirmou que não poderia interromper o tempo corrido por conta disso.

Já irritado com o pedido, o apresentador relembrou a dinâmica do debate: “Senhores, por favor, vamos parar os dois relógios. A dinâmica do debate prevê cinco minutos pra cada um. Nós não vamos parar o relógio porque um não escutou [a pergunta]. Se um não escutou, vai dizer, não escutei, e o outro repete, e o tempo vai correr, gente. Vamos em frente, por favor. Os assessores mantenham o silêncio, por gentileza”, disse Bonner.

Reiteradas vezes, o apresentador teve que pedir à plateia do estúdio –composta por integrantes das campanhas dos presidenciáveis– para manter o silêncio e não se manifestar durante as declarações de Lula e Bolsonaro.

Direito de resposta

No início do debate, Bonner se concedeu direito de resposta após fala de Bolsonaro sobre a situação de Lula na Justiça brasileira.

“Como fui citado também na dinâmica do primeiro bloco pelo candidato Bolsonaro, me permito fazer um esclarecimento muito breve. Eu, de fato, disse, na entrevista do Jornal Nacional, que o candidato Lula não deve nada à Justiça. Mas, como jornalista, eu não digo coisas da minha cabeça. Eu disse isso baseado em decisões fundamentadas do Supremo Tribunal Federal. Lembrando que, inclusive, algumas dessas decisões são bem recentes”, respondeu Bonner.

O direito de resposta de Bonner foi em relação a uma fala de Bolsonaro, que, irritado, atacou o apresentador ao chamar Lula de “criminoso”. “Lula, você dizer que foi absolvido, só pelo Bonner, se ele vai repetir aqui que você foi absolvido. Eu acho que o Bonner vai ser indicado para impossível, hipotético, impossível governo teu para ser Ministro do Supremo Tribunal Federal”, declarou.

“Fui acusado para permitir que você ganhasse as eleições, julgado por um juiz mentiroso. Eu ganhei 26 processos na Justiça Federal, dois na ONU [Organização das Nações Unidas] e na Suprema Corte. Eu sou um cidadão idôneo. Você já já tem 35 processos, um procurador qualquer dia vai te procurar. Se prepare! O povo sabe quem é mentiroso, o povo sabe quem foi que roubou”, disparou Lula.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Eleições 22

A palavra mais dita por Lula e Bolsonaro no debate
Vai trabalhar neste domingo? Lei garante direito a voto
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias