Sábado, 02 de Março de 2024

Home em foco XP tem investidor disposto a pagar 700 milhões de reais pelo Botafogo

Compartilhe esta notícia:

A XP já tem um investidor disposto a comprar 90% da operação do futebol do Botafogo. De acordo com fontes de dentro do banco, o valor empenhado seria de R$ 700 milhões — oficialmente, o banco não confirma o valor. O nome desse investidor ainda é mantido em sigilo.

A XP foi procurada para falar oficialmente sobre o assunto, mas preferiu não se manifestar. O clube também não se manifestou. No início da noite, em entrevista, o investidor Pedro Mesquisa, líder do projeto na XP, confirmou que a proposta chegou na última segunda-feira, e foi levada ao presidente do Botafogo, Durcesio Mello, e a Jorge Braga, CEO do alvinegro.

“O que existe é uma oferta não vinculante, que está sendo examinada pelo clube e pela XP. E o valor não é esse (R$ 700 milhões). É uma oferta de um investidor com credibilidade e experiência no futebol. Cabe ao Botafogo agora analisá-la”, destacou Mesquista, que contou que o Botafogo fará uma contraproposta.

Para o negócio se concretizar, o banco precisa apresentar formalmente o interesse do investidor ao Botafogo. E conforme foi estabelecido em assembleia, a proposta precisa ser aprovada em outra reunião pela maioria dos membros, o que deve demorar cerca de dez dias após a oficialização da proposta.

A XP mantém o nome do investidor em sigilo. Entretanto, alguns possíveis compradores que estavam sendo especulados já foram descartados. É o caso de Flávio Augusto da Silva, que era dono do Orlando City e vendeu o clube recentemente.

O site FogaoNet publicou que uma outra proposta, apresentada ao clube por um dirigente que esteve envolvido na tentativa de viabilizar os planos da Botafogo S/A até 2020, portanto fora da captação da XP, tinha o valor de 100 milhões de euros. O grupo investidor seria americano e teria times de beisebol.

“Eu li em alguns sites sobre investimento de 100 milhões de euros. Se isso existir, é só trazer que encaminharemos para a XP. O Botafogo tem total interesse em receber todas as propostas”, afirmou o CEO do Botafogo Jorge Braga.

O Botafogo trabalha em regime de exclusividade com a XP para a busca de um investidor.

Glorioso

A história do Botafogo de Futebol e Regatas começa em 1891, data da fundação do Grupo de Regatas Botafogo na cidade do Rio de Janeiro. Três anos depois, o grupo se transformou em Club de Regatas Botafogo e, em 1904, surgiu o Botafogo Football Club. Após 38 anos com as duas agremiações existindo em paralelo, a fusão entre os dois clubes criou o Botafogo de Futebol e Regatas, atualmente uma das entidades esportivas mais populares do Brasil.

Conhecido pela estrela de cinco pontas em seu distintivo, que lhe dá a alcunha de clube da Estrela Solitária, o Botafogo tem como suas cores oficiais o preto e o branco. Desde 2007, manda seus jogos de futebol no Estádio Nilton Santos, antes chamado de Engenhão. Seus principais rivais são o Flamengo, o Fluminense e o Vasco da Gama.

Foi indicado pela Fifa ao seleto grupo dos maiores clubes do século XX. Dentre seus principais títulos estão: vinte e um Campeonatos Cariocas, quatro Torneios Rio-São Paulo, dois Campeonatos Brasileiros e uma Copa Conmebol (precursora da atual Copa Sul-Americana). É o atual campeão da série B do Brasileirão.

Além disso, o clube detém alguns dos principais recordes do futebol brasileiro, como o de maior número de partidas de invencibilidade: 52 jogos entre os anos de 1977 e 1978; o recorde de partidas invictas em jogos do Campeonato Brasileiro: 42, também entre 1977 e 1978; o maior número de participações de jogadores em partidas totais da Seleção Brasileira (considerando jogos oficiais e não oficiais): 1100 participações; e o maior número de jogadores cedidos à Seleção Brasileira para Copas do Mundo. O clube ainda é o responsável pela maior vitória já registrada no futebol brasileiro: 24–0 sobre o Sport Club Mangueira no Campeonato Carioca de 1909.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello sofre acidente de moto no Rio
Com condenação anulada, o ex-ministro Antônio Palocci pode tirar a tornozeleira eletrônica
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde