Quarta-feira, 29 de Maio de 2024

Home Colunistas ACM Neto concretiza sonho de Lula, de “extirpar o DEM da política brasileira”

Compartilhe esta notícia:

Um velho sonho de Lula, expresso em setembro de 2014, de “extirpar o DEM da politica brasileira”, por ironia, foi concretizado pelo atual presidente do Democratas, o ex-prefeito de Salvador ACM Neto, herdeiro de Antonio Carlos Magalhães, e peça de resistência na defesa dos princípios liberais, que sobreviveu a várias ameaças para manter a sigla em pé. Seduzido pelo orçamento milionário – quase meio bilhão de reais de Fundo Partidário – ACM Neto aceitou um papel subaltermo na nova sigla, que surge como o maior partido do Brasil. ACM Neto aceitou a exigência para a fusão com o PSL, de dar as costas a Jair Bolsonaro, embora tanto o DEM quanto o PSL tenham crescido nas últimas eleições, identificados com a proposta presidencial vitoriosa. O novo partido, que ainda aguarda despacho pelo TSE, se chamará União Brasil, e pretende lançar um candidato da chamada Terceira Via. Segundo ACM Neto, o partido aceitará dialogar com Lula e Ciro Gomes, e já convive com os nomes do ex-ministro Henrique Mandetta, do senador Rodrigo Pacheco, e do apresentador José Luiz Datena.

Busato já age como dirigente da UB

No Rio Grande do Sul, entusiasmado após notícias publicadas na imprensa indicando que foi convidado para presidir o novo partido, o prefeito derrotado de Canoas Luiz Carlos Busatto, que pertencia ao PTB, colocou em prática uma formidável estrutura de impulsionamento em massa de mensagens dirigidas a prefeitos, vice-prefeitos e vereadores do DEM e do PSL. A todos, encaminha perguntas com o propósito de gerir a relação futuramente, como novo dirigente da União Brasil.

No DEM, reação negativa

Um dos destinatários da mensagem, o presidente do DEM no Rio Grande do Sul, Rodrigo Lorenzoni, não gostou da precipitação de Busato, a quem classifica como “autoritário”. Lorenzoni acusa Busato, mesmo sem ter formalmente assumido o comando da nova sigla, de “impor de cima para baixo as decisões “. O partido criou no Rio Grande do Sul o grupo da Frente Liberal, formado por defensores dos princípios que inspiraram o surgimento do DEM, ainda como PFL. A intenção é levar esse grupo a uma decisão conjunta quanto ao futuro político.

Eduardo Leite pode ser candidato da UB

Caso se confirme o comando da UB com o secretário estadual Luiz Carlos Busato, ficará facilitado o diálogo com o governador gaúcho Eduardo Leite, que se apresenta como alternativa a uma terceira via para a disputa presidencial. Leite precisa antes vencer a prévia interna do PSDB, onde seu principal adversário é o governador de São Paulo, João Doria.

Voto eletrônico sob desconfiança

A adoção do voto eletrônico na prévia do partido prevista para o dia 21 de novembro foi colocada sob desconfiança pelo governador paulista João Doria. Ele sugeriu ontem a alternativa do uso de cédulas ao aplicativo eletrônico, para garantir a segurança do processo.

Sumiram as denúncias?

De uma hora para outra, sumiu do noticiário a denúncia de que o ministro da Economia, Paulo Guedes, possui uma empresa offshore no exterior. O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, arquivou duas notícias-crime contra o ministro da Economia, Paulo Guedes, após ele ter demonstrado a legalidade das empresas junto à Receita Federal e de ter se licenciado destas empresas antes de assumir a pasta.

Há outros nomes conhecidos na lista de empresas e contas em paraísos fiscais. Tereza Cristina Van Brussel Barroso, esposa e sócia do ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso, abriu em 9 de junho de 2014 a offshore Telube Florida LLC. A offshore está registrada nos Estados Unidos com o nome de solteira Tereza Cristina Van Brussel.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Colunistas

Má gestão no futebol do Grêmio inviabiliza candidatura de Romildo Bolzan ao governo gaúcho
Fatos históricos do dia 16 de outubro
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias