Sábado, 02 de Julho de 2022

Home Brasil Acusado de usar cheque sem fundo para pagar aposta de 76 mil reais na Mega da Virada vira réu na Justiça

Compartilhe esta notícia:

Um empresário mineiro virou réu na Justiça do Ceará por apostar R$ 76 mil na Mega da Virada de 2020 usando dois cheques sem fundo em uma casa lotérica de Fortaleza. Ele também é acusado de aplicar o mesmo golpe nos estados do Piauí, Goiás e no Distrito Federal. O processo foi aceito pela 10ª Vara Criminal no dia 6 de dezembro.

De acordo com a denúncia do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), o homem de 52 anos costumava comprar semanalmente cerca de R$ 3 mil reais em jogos. Até que na semana da Mega Sena da Virada de 2020, ele fez as apostas em maior número que totalizaram R$ 76 mil. Como pagamento, ele apresentou ao dono da lotérica dois cheques no valor de R$ 38 mil cada.

Segundo relato do proprietário do estabelecimento, o homem sempre pedia prazos estendidos para fazer o pagamento das apostas, alegando que a empresa dele estava de recesso. Dizia também que era dono de um shopping na cidade de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, além de ter um escritório de alto nível na área nobre da capital cearense.

Ocorre que ao ir ao banco, a vítima não conseguiu compensar o cheque por causa de uma divergência na assinatura e não recebeu o dinheiro. Ele chegou a ir ao endereço da empresa indicada pelo empresário, mas no local não existia nada. Só então ele percebeu que caiu em um golpe e fez a denúncia na Justiça.

A defesa do empresário nega que o cliente tenha cometido crime e que não sabe porque o banco não conseguiu descontar o dinheiro. Afirmou ainda que o acusado já pagou R$ 20 mil ao dono da lotérica e tentou um acordo para pagar o restante da dívida.

O Ministério Público e a Polícia Civil pediram a prisão preventiva do empresário, mas a Justiça ainda não se manifestou sobre o caso.

Mega da Virada

O sorteio da Mega Sena da Virada de 2021 pagou o maior prêmio da história da loteria da Caixa para dois apostadores. Os sortudos vão dividir um prêmio de R$ 378 milhões. Para a maioria das pessoas, é difícil imaginar o que significa esse dinheiro.

Duas apostas, uma de Cabo Frio (RJ) e outra de Campinas (SP), acertaram os seis números sorteados (12-15-23-32-33-46) e levaram, cada uma, R$ 189.062.363,74. Esse é o maior valor pago na história da Mega da Virada.

Ainda segundo a Caixa, 1.712 apostas acertaram a faixa de 5 números e levarão, cada uma, R$ 50.861,33. Já na quadra, 143.494 apostadores ganharão R$ 866,88, cada um.

Segundo as regras da Caixa, os vencedores têm até 90 dias após a realização do sorteio para retirada da quantia.

Depois disso, o valor será repassado ao tesouro nacional para aplicação no Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies).

Recorde

O ano de 2021 foi de recordes para as Loterias Caixa. Segundo o banco, o volume de venda de jogos foi o maior da história. Somente em arrecadação, a instituição somou R$ 18,5 bilhões em todas as modalidades de jogos, valor 8,2% maior que o recorde anterior, de R$ 17,1 bilhões, em 2020. Se comparado com 2018, o prêmio é 34,1% maior.

No concurso especial da Mega da Virada, a Caixa registrou R$ 1,5 bilhão em vendas, a maior arrecadação de um único concurso da história, com crescimento de 28,0% em relação a 2020 e de 70,4% em relação a 2018, segundo o banco.

Além disso, o banco também ressalta que repassou R$ 8,4 bilhões em benefícios sociais, como para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), a Segurança Pública, o Esporte e a Cultura, além do pagamento de Imposto de Renda.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Fundador da Parmalat e mecenas esportivo, Calisto Tanzi morre na Itália aos 83 anos
Saiba como vai andar a fila para concessão de benefícios do INSS em 2022
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde