Terça-feira, 09 de Agosto de 2022

Home Tecnologia Amazon traz ao Brasil fones de ouvido por até 1 mil reais

Compartilhe esta notícia:

A Amazon anunciou a chegada do Echo Buds, fone de ouvido com assistente de voz, ao Brasil. O dispositivo já está na segunda geração e desembarca por aqui com sua versão mais nova por até R$ 1 mil. É a primeira vez que esse tipo de dispositivo é lançado pela Amazon no País.

Primo das caixinhas conectadas Echo Dot e Echo Show, os fones de ouvido sem fio querem trazer a experiência da Alexa literalmente para o ouvido de seus usuários: a ideia é que todas as atividades realizadas pelos aparelhos domésticos, como informar a temperatura, notícias e adicionar itens em listas, possam ser feitos da mesma maneira com o Echo Buds.

Para isso, o dispositivo conta com três microfones em cada peça, além de cancelador de ruído e filtros que identificam a voz do usuário em meio ao barulho ambiente. A proposta é que os fones possam identificar o comando de voz sem que os usuários precisem gritar um pedido no meio da rua, por exemplo.

O Echo Buds funciona conectado com o aplicativo da Alexa, disponível em celulares com sistema operacional Android ou iOS, da Apple, e pode interagir com outros dispositivos gerenciados pela mesma conta. A bateria tem uma duração de cinco horas em uso contínuo, com a possibilidade de até 15 horas com a carga do estojo.

Nos comandos, tudo pode ser pedido à Alexa, desde a música a ser tocada até o ajuste do volume e do cancelamento de ruído. “Nesses dois anos de Alexa no Brasil, vemos uma evolução importante no uso da voz nesse sentido, e os Echo Buds vêm justamente para fornecer uma experiência completa aos clientes a qualquer momento do dia e em qualquer lugar”, diz Jacques Benain, gerente-geral para dispositivos na Amazon Brasil.

Ligações

Uma das principais novidades trazidas pela Amazon com os fones de ouvido é a possibilidade de pedir para a Alexa ligar para um contato da agenda do celular. Até então, as caixinhas conectadas só conseguiam estabelecer contato com outros dispositivos semelhantes.

“Quando vimos que existia essa possibilidade, automaticamente ela entrou no nosso radar para adicionar o recurso no produto”, afirma Benain. “Sempre fez parte da nossa visão desenvolver dispositivos e recursos capazes de tornar a vida dos clientes mais simples, divertida e inteligente”.

Privacidade

De acordo com a Amazon, o Echo Buds terá a mesma função de desativar o “ouvido” da Alexa. Pelo aplicativo ou pelo próprio fone de ouvido, o usuário pode habilitar a ferramenta que interrompe a identificação do comando de voz, fazendo com que a Alexa não escute as conversas do usuário.

Ainda, segundo a empresa, os fones têm uma configuração no aplicativo para excluir registros de GPS, que estão disponíveis na ferramenta de localização do aparelho. Essa função pode ser desabilitada também no aplicativo para que a conta não registre a localização em tempo real dos fones – e do usuário que estiver usando os buds.

Os fones também só funcionam com a assistente de voz se conectados à internet via app. Caso o celular esteja sem rede ou mesmo em modo avião, não será possível interligar a Alexa com o fone. O dispositivo, porém, segue em funcionamento como um fone de ouvido regular, reproduzindo áudio mesmo sem estar online.

Em pré-venda a partir desta quarta, o Echo Buds vai às lojas em duas versões: uma com estojo de carregamento com fio, via cabo USB-C, por R$ 900, e um modelo com estojo de carregamento wireless (com o carregador vendido separadamente) por R$ 1 mil. Por aqui, os fones chegam na versão preta e com visual redondo – sem haste –, com quatro opções de encaixe no ouvido.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Tecnologia

WhatsApp confirma que vai remover opção na câmera do aplicativo
Rainha Elizabeth II realiza tarefas leves após diagnóstico de covid
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa