Quarta-feira, 24 de Julho de 2024

Home em foco Após eleições, presidente da França nega pedido de renúncia do primeiro-ministro

Compartilhe esta notícia:

O presidente francês Emmanuel Macron negou nesta segunda-feira (8) o pedido de renúncia do primeiro-ministro do país, o seu aliado político Gabriel Attal.

Em comunicado, o Palácio do Eliseu afirmou que “o presidente pediu que Attal continue como primeiro-ministro, por enquanto, para garantir estabilidade” na França.

Attal foi ao gabinete de Macron nesta segunda para apresentar o seu pedido de demissão após o segundo turno das eleições parlamentares, no qual a esquerda saiu vitoriosa. No domingo, no entanto, o premiê já havia dito que estava preparado para permanecer no cargo por mais tempo caso o presidente solicitasse.

A Nova Frente Popular, coalização de esquerda da França, conquistou 182 assentos no Parlamento. A aliança centrista de Macron, Ensemble, ficou em segundo lugar, com 168 assentos. Já o partido Reunião Nacional, da ultradireita, conquistou 143 vagas.

Nenhuma das três coalizões conseguiu a maioria absoluta de 289 assentos. Portanto, a formação de um novo governo deve ser negociada. A eleição deixa o Parlamento francês dividido em três grandes grupos, com plataformas extremamente diferentes e nenhuma tradição de trabalho conjunto.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Ataques russos deixam mais de 30 mortos e atingem hospital na Ucrânia
Presidente do PL diz que indiciamento no caso das joias não afetará a atuação de Bolsonaro como cabo eleitoral
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa