Quarta-feira, 24 de Julho de 2024

Home em foco Presidente do PL diz que indiciamento no caso das joias não afetará a atuação de Bolsonaro como cabo eleitoral

Compartilhe esta notícia:

O presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, disse que o indiciamento de Jair Bolsonaro no caso das joias não afetará a atuação do ex-presidente da República como cabo eleitoral nas eleições municipais deste ano.

O dirigente do partido chamou de “bobagem” o argumento de que o episódio pode minimizar o potencial de transferência de votos do ex-mandatário. “Zero. Só bobagem”, disse Costa Neto em entrevista à CNN.

Durante evento conservador da direita no fim de semana, em Balneário Camboriú (SC), Bolsonaro falou pela primeira vez após ser novamente indiciado pela PF (Polícia Federal). Ele disse que está pronto para passar por sabatina na imprensa para esclarecer sobre o que for perguntado.

A organização do evento teve que fazer um esquema operacional para evitar um encontro entre Bolsonaro e Costa Neto em Santa Catarina. Os dois estão impedidos de conversar por decisão do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes devido a uma investigação sobre suposta tentativa de golpe de Estado.

Costa Neto tem a expectativa de que a restrição seja encerrada antes do processo eleitoral, mas essa possibilidade é considerada remota. O inquérito das joias enquadra Bolsonaro nos crimes de peculato, associação criminosa e lavagem de dinheiro pela suposta venda ilegal de presentes recebidos pela Presidência da República.

Após o indiciamento, o próximo passo é a manifestação da Procuradoria-Geral da República. Bolsonaro nega irregularidades.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Após eleições, presidente da França nega pedido de renúncia do primeiro-ministro
Criptomoedas: bitcoin desaba 6,2% em sete dias
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa