Sábado, 15 de Junho de 2024

Home Rio Grande do Sul Cachoeirinha e outras duas cidades gaúchas escolherão também seus prefeitos neste domingo

Compartilhe esta notícia:

Os eleitores de três das 497 cidades do Rio Grande do Sul não irão às urnas neste domingo (30) apenas para escolher, em segundo turno, quem será o governador gaúcho e o presidente da República pelos próximos quatro anos. Em Cachoeirinha (Região Metropolitana), Cerro Grande e Entre Rios do Sul (ambas no Noroeste do Estado), também haverá votação para prefeito e vice.

Trata-se da chamada “eleição suplementar”, motivada pelo fato de os gestores municipais eleitos em 2020 terem sido cassados pela Justiça Eleitoral. Nesses casos, o cidadão teclará os números de sua preferência (todos com dois dígitos) para governador, presidente e prefeito, nesta ordem.

Cachoeirinha

Em Cachoeirinha, os 104.314 eleitores podem escolher entre Cristian Wasem Rosa (MDB, em coligação com Republicanos-PDT-Avante-PP), David Almansa (PT, com PV-Psol-Rede-PCdoB) e Doutor Rubinho (União Brasil, com Cidadania-PSDB-PTB-Solidariedade-PSC-Podemos-PSC-Patriota-PL-PRTB).

Cristian é presidente da Câmara de Vereadores e atual prefeito em exercício desde a cassação da chapa de Miki Breier (PSB) com Maurício Tonolher, em abril. Seu vice é João Paulo Martins. David, por sua vez, tem Ester Ramos como companheira de candidatura. Já o vice de Rubinho é Jack Ritter.

Cerro Grande

Com 2.579 votantes, Cerro Grande tem sua prefeitura em disputa após a cassação de Valmor José Capellet (PP) e da vice Gláucia Regina Brocco (PDT) por decisão do Pleno do TRE-RS, também em abril. Concorrem as chapas de Alvaro Decarli-Givanildo José Cenci (ambos do PP) e Gilmar Benedette-Albino João Orso (os dois pelo PDT).

Entre Rios do Sul

Já em Entre Rios do Sul, com 2.661 cidadãos aptos a ir às urnas, não haverá disputa, mas quase que um plebiscito: por consenso, concorre uma chapa única, formada por Irson Milani (PT) e Adenilto Conti (PSDB) como vice. O gestores eleitos em 2020 Jairo Paulo Leyter (MDB) e Auri Luiz Vassoler (vice) foram cassados pela Justiça eleitoral gaúcha em maio.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Cerca de 600 presos provisórios do sistema penitenciário gaúcho podem votar neste domingo
Brasileiros voltam às urnas para eleger presidente e 12 governadores
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News