Sexta-feira, 01 de Março de 2024

Home Celebridades Caetano e Gil choram ao lembrar de Gal Costa: “A maior cantora do Brasil”

Compartilhe esta notícia:

Os cantores e compositores Caetano Veloso e Gilberto Gil se emocionaram ao falar da amiga e conterrânea Gal Costa. A baiana morreu aos 77 anos nesta quarta-feira (9). “A maior cantora do Brasil”, disse muito emocionado Caetano Veloso, em entrevista.

“Eu ouvi mais cedo Nelsinho Motta falando que a voz de Gal era cristal e veludo, mas também labareda. E é incrível porque passou o primeiro disco, era todo quase veludo, com algum cristal, e depois veio mais cristal e, de repente, no ‘Divino Maravilhoso’, explodiu o aspecto labareda”, falou Caetano.

Gal morreu em sua casa em São Paulo. A causa da morte não foi informada. Ela havia dado uma pausa em shows, após passar por uma cirurgia para retirar um nódulo na fossa nasal direita. Caetano relembrou a parceria com Gal ao longo dos anos e, chorando, cantou um trecho de uma das canções.

“Ao longo dos anos compus muitas canções pra Gal cantar, a pedido dela. Ela apenas me avisava que estava fazendo um novo disco e queria uma canção.”

Já Gilberto Gil relembrou a “grandeza” da amiga. “Muita emoção, porque na hora em que recebi a notícia até me controlei, porque a morte faz parte da vida, a gente sabe disso. A gente sempre procura e, numa certa medida, encontra o modo de deixar que a notícia da morte de um ente querido chegue de forma tranquila.”

“Depois, com a compreensão da grandeza dela e da abrangência do que ela fez, do que ela fazia, da música que ela representava e da comoção que foi se revelando mesmo no país inteiro, através do espalhamento da notícia, eu fui ficando muito assim”, falou triste, sem completar a frase.

Vida e carreira

Maria da Graça Costa Penna Burgos nasceu em 26 de setembro de 1945 em Salvador e foi uma das maiores cantoras da história da música brasileira.

Foram 57 anos de carreira iniciada em 1965 quando a cantora apresentou músicas inéditas de Caetano Veloso e Gilberto Gil. Ela ainda era Maria da Graça quando lançou “Eu vim da Bahia”, samba de Gil sobre a origem da cantora e do compositor.

Ela estava em turnê com o show “As várias pontas de uma estrela”, no qual revisitava grandes sucessos dos anos 80 do cancioneiro popular da MPB. “Açaí”, “Nada mais”, “Sorte” e “Lua de mel” são algumas das músicas do repertório.

Bem recebido pelo público e pela crítica, esse show fez com que a agenda de Gal ficasse agitada após a pandemia. A estreia aconteceu em São Paulo, em outubro do ano passado.

Além de rodar o Brasil, Gal entrou na programação de vários festivais e ainda tinha uma turnê na Europa prevista para novembro, mas que também foi cancelada por conta da cirurgia.,

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Celebridades

Sementes de melancia podem evitar problemas cardíacos e nos rins
Maria Rita desmente briga de Gal Costa com Elis Regina
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada