Quarta-feira, 01 de Dezembro de 2021

Home Rio Grande do Sul Canoas passa a oferecer profilaxia pré-exposição ao HIV, novo método de prevenção à Aids

Compartilhe esta notícia:

A Prefeitura de Canoas incluiu na rotina de atendimento na área da saúde a Profilaxia Pré-Exposição ao HIV (PrEP), uma novidade no município. Desde a implementação do serviço, no início de setembro, são dez pacientes cadastrados.

O novo método de prevenção consiste no uso diário de um comprimido que prepara o organismo para enfrentar um possível contato com o vírus causador da Aids durante a relação sexual. O método abrange a combinação de dois medicamentos que impedem, se ingeridos diariamente, que o HIV se estabeleça no corpo da pessoa.

“É mais um recurso para prevenção e diminuição do aumento no número de casos novos de HIV/Aids, não esquecendo que o método mais seguro para todas as demais ISTs é o preservativo masculino e feminino”, salienta o secretário municipal da Saúde, Maicon Lemos.

Em Canoas, a implantação do serviço é resultado da parceria com a Secretaria Municipal da Saúde e a Coordenadoria das Diversidades e Comunidades Tradicionais. Até então, a população precisava buscar o serviço na Capital.

“Nossa cidade está dando um grande passo, ampliando o acesso da população às ações de prevenção. A oferta da PrEP é, sem dúvidas, uma grande conquista para toda a sociedade. Esse método de prevenção acaba por ser muito menos nocivo para os usuários do que um tratamento posterior de HIV. Até então, os usuários precisavam disputar espaços em Porto Alegre para conseguir o medicamento. Agora, já podemos acolher os canoenses com o retroviral”, enfatiza o secretário especial da Coordenadoria das Diversidades e Comunidades Tradicionais, Santiago Buavas. Ele ressalta, ainda, que o município já estava habilitado a receber o medicamento desde 2018, mas os usuários ainda não tinham acesso. “Ficamos muito felizes de poder contribuir para essa conquista em Canoas”, salienta.

Como funciona o medicamento

Na PrEP, o usuário deve tomar o medicamento todos os dias, fazer exames regulares e buscar sua medicação gratuitamente a cada três meses. A profilaxia pré-exposição não é indicada, no entanto, para todas as pessoas, apenas para aquelas consideradas com maior risco de contato com o HIV. A diretora da Vigilância em Saúde de Canoas, Elisiane Amorim, destaca que o método não protege de outras infecções sexualmente transmissíveis e, por isso, deve ser combinado com as demais estratégias de prevenção, como a camisinha.

Quem tiver interesse em saber mais sobre o método e saber se tem indicação para seu uso, deve procurar o Serviço de Atendimento Especializado (SAE) de Canoas, que funciona na Rua Brasil, 438, no Centro, ou entrar em contato pelo (51) 3427-2316. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Ação conjunta deflagra a Operação Combustível Legal para coibir fraudes em bombas e testar a qualidade dos produtos em São Leopoldo
Defesa Civil alerta para previsão de chuva nesta quinta-feira em Porto Alegre
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada