Sexta-feira, 19 de Agosto de 2022

Home Variedades Carro que pertenceu à princesa Diana será posto a leilão no Reino Unido

Compartilhe esta notícia:

Você já pensou em andar no carro que já teve como proprietária a Princesa Diana? Se a resposta for sim, é melhor ser rápido. Isso porque um Ford Escort RS Turbo S1, que pertenceu à princesa Diana nos anos 80, será leiloado no Reino Unido. O modelo conta com detalhes exclusivos. Além disso, o veículo está equipado com um motor 1.6 Turbo.

A estimativa é de que possa ser vendido por mais de R$ 500 mil. “Não ficaríamos surpresos se fosse por mais de US $ 100.000”, disse Arwel Richards, especialista em carros clássicos da Silverstone Auctions, que sediará o leilão em 27 de agosto, ao Daily Mail.

O Ford Escort RS virá com pouco menos de 25 mil milhas rodados, um Lifetime Tracker, uma chave reserva, memorandos internos da Ford e os documentos de registro do carro. Dentre os detalhes especiais que podem ser encontrados no veículo, destaque para os logotipos da versão, as faixas na cor azul na lateral, o spoiler dianteiro, as rodas e os faróis de neblina na dianteira. Por dentro, o modelo conta com bancos Recaro (com listras na cor azul).

A princesa dirigiu o pequeno carro da família por três anos – de 1985 a 1988, enquanto o príncipe William e Harry eram jovens – até que o serviço de proteção real a fez mudar para um modelo mais sofisticado, que oferecia mais privacidade e proteção.

O veículo, que era uma das configurações mais ousadas do modelo na época, foi o segundo Escort de Diana. Aliás, esta não teria sido a primeira escolha na hora da compra. Relatos dão conta que o veículo escolhido por Diana era um Escort conversível pintado na cor vermelha. No entanto, o pessoal do Comando de Proteção à Realeza considerou que o carro não tinha tanta privacidade e era pouco seguro, visto que o carro contava com um teto de lona.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Variedades

Câncer de próstata: especialistas alertam para risco de detecção tardia
Claudia Raia: “Jô Soares salvou a minha vida”; leia o depoimento
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde