Sábado, 18 de Maio de 2024

Home Viagem e Turismo Cavernas dos Estados Unidos atraem turistas pela beleza, mas podem ser mortais

Compartilhe esta notícia:

Depois que uma foto impressionante de uma caverna de gelo cor de arco-íris dentro do Parque Monte Rainier se tornou viral, o Serviço Nacional de Parques (NPS) fez um alerta: as cavernas de gelo podem ser bonitas, mas também podem ser mortais.

O fotógrafo de natureza Mathew Nichols recentemente fotografou as cavernas de gelo do Monte Rainier, no Estado de Washington, nos Estados Unidos. Quando o sol atinge o teto dessas cavernas de gelo do lado de fora, a luz é retraída para o teto da caverna de gelo, criando uma cena de cores vibrantes.

“Eu não podia acreditar no que meus olhos estavam vendo. Subi ao Monte Rainier especificamente para explorar as cavernas de gelo e nunca imaginei que seriam tão coloridas”, disse o fotógrafo em um post no Instagram. “Não realcei as cores nas imagens que vou compartilhar com todos vocês! Foi realmente colorido assim”, ressaltou.

As imagens se tornaram virais e foram amplamente compartilhadas em uma variedade de plataformas de mídia. No entanto, por mais lindas que as cavernas de gelo possam parecer, o NPS alerta que é melhor ficar bem longe delas.

“Para esclarecer, a foto é de um canal de água derretida correndo sob um campo de neve perene (neve que persiste durante o verão)”, disse o NPS em comunicado.

“As autoridades desencorajam fortemente os visitantes a se aproximarem ou entrarem em cavernas de gelo ou canais de água derretida, pois são propensos ao colapso espontâneo devido ao derretimento, que é acelerado nesta época do ano. Colapso ou queda de gelo e rochas podem ser fatais ou causar ferimentos graves a quem se aventurar dentro ou perto da entrada”, continuaram.

Eles acrescentaram que os futuros exploradores também correm o risco de desenvolver hipotermia “devido à combinação de temperaturas do ar frio no interior e água derretida mais fria que flui do campo de neve”.

O NPS observa que o Parque Nacional do Monte Rainier costumava ter várias cavernas de gelo conhecidas, mas foram forçados a fechá-las ao público na década de 1980 devido ao aquecimento das temperaturas, tornando-as instáveis. Especialmente durante os meses mais quentes em altitudes mais baixas, é conhecido que pedaços de gelo do tamanho de um carro pequeno caem dentro das cavernas, às vezes com consequências trágicas.

Em outros lugares em Washington, cavernas de gelo em colapso já se mostraram mortais. Em julho de 2015, uma pessoa foi morta e outras cinco ficaram feridas depois que uma caverna de gelo desabou parcialmente na Floresta Nacional Mount Baker-Snoqualmie, perto de Seattle.

Outro acidente ocorreu nas mesmas cavernas em 2010, quando uma menina de 11 anos foi morta por um pedaço de gelo que caiu.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Viagem e Turismo

Apple anuncia iPhone 14 em quatro versões distintas; veja os preços
Justin Bieber cancela shows em São Paulo e em países da América Latina
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News