Segunda-feira, 15 de Agosto de 2022

Home Flávio Pereira Ciro Gomes diz que “580 dias de cadeia afetaram Lula e ele não está bem”.

Compartilhe esta notícia:

O pré-candidato do PDT à presidência da República, Ciro Gomes, comentou esta semana sua preocupação com a saúde e as recentes declarações do ex-presidiário Lula. Para Ciro Gomes, “o Lula não está nada bem. Quem, conhece, é preocupante o nível de bobagem que ele tem falado todo dia, toda semana. Mas isso, eu acredito que é um misto de arrogância com uma profunda mágoa do povo brasileiro, porque ele imagina que o povo brasileiro deveria ter descido a Curitiba, quebrado tudo e trazido ele para o poder quando foi suscitada a suspeição do Sergio Moro.”

Ciro Gomes comentou em entrevista à Rede TV que “afinal, 580 dias de cadeia, acho que não fazem bem a ninguém. Tanto mais a uma pessoa que se considerava inocente. Porque ele genuinamente acha que ter distribuído para a turma roubar, e ter recebido favores, privilégios, milhões de reais de palestras que ele sabe quer fez de araque, e ele sabe que fez de araque. Isso tudo não é corrupção na cabeça do Lula, porque para ele corrupção é só dos outros. Aliás, para ele e para o PT corrupção que interessa e que tem de ser denunciada é só a dos outros. A que eles fazem é tudo causa  revolucionária, numa ética completamente podre, que deu nisso que está aí.”

Caudilhismo da América do Sul

Ciro Gomes considera “um absurdo quando Lula declara numa entrevista que as pessoas têm que votar nele sem saber o que ele vai fazer em matéria de economia. Isso é a síntese de coisas muito graves, que é o charlatanismo do caudilhismo demagógico sul-americano que está aí na Venezuela destruindo, que está em Cuba, que está na Nicarágua, que são regimes que ele admira muito e que eu abomino.”

Heinze contraria bancada estadual do PP e ingressa no STF contra RRF

Para não ficar atrás do seu concorrente Onyx Lorenzoni (PL), que juntamente com a OAB e Ajuris (Associação dos Juízes do RS), ingressou com ação no STF questionando a adesão do estado ao Regime de Recuperação Fiscal, o senador Luis Carlos Heinze, pré-candidato do PP ao governo gaúcho, criou uma saia justa com os deputados estaduais da sua bancada que sob a coordenação do líder do governo, Frederico Antunes, participaram da articulação em favor do acordo, e protocolou ontem no STF, idêntica ação. Heinze utiliza os mesmos argumentos de Onyx e sustenta que a dívida com a União já está paga.

Oficiais de Justiça de olho no casamento de Janja

Tem uma explicação “técnica” a informação de que a hora e o local do casamento do ex-presidiário Lula com sua noiva Rosangela da Silva, conhecida como “Janja” serão mantidos sob sigilo. Oficiais de justiça vêm tentando, sem sucesso, citar Janja, que acumula dívidas de mais de R$ 220 mil em ações que tramitaram na Justiça Federal e no Tribunal de Justiça do Paraná. Até agora, os oficiais de Justiça têm dado com a cara na porta quando visitam os endereços da socióloga para tentar cobrar as dívidas.

Carlos Bolsonaro: STF proíbe Bolsonaro de reduzir impostos e autoriza estados a aumentar

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, dentro da atuação da Suprema Corte de também governar, determinou a suspensão dos decretos presidenciais que diminuem o Imposto sobre Produtos Industrializados que também são produzidos na Zona Franca de Manaus.
A decisão mereceu um comentário do vereador Carlos Bolsoanro (PL-RJ): “aumentar impostos como fizeram Doria e muitos outros governantes em plena pandemia, OK. Diminuir impostos para a população pagar menos, como faz o Presidente Jair Bolsonaro desde o início de seu mandato, NÃO PODE!”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Flávio Pereira

Onyx Lorenzoni: “Policial aqui, será protegido. E bandido, ou muda lugar, ou muda de profissão”
Desembargadora Iris Helena Medeiros Nogueira poderá assumir o governo do Estado do RS
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa