Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

Home em foco Com seis taças, Marcelo se torna jogador com mais Champions e Libertadores somadas

Compartilhe esta notícia:

A lista de jogadores com títulos de Champions League e Libertadores no currículo ganhou mais um membro no sábado (4). Multicampeão pelo Real Madrid, Marcelo conquistou a América com o Fluminense diante do Boca Juniors no Maracanã e entrou para o grupo aos 35 anos.

Agora, o lateral-esquerdo, que ganhou cinco Champions League durante o período em que ficou no Real Madrid, se torna jogador com mais torneio continentais, ou seja, Champions e Libertadores, somados.

O lateral-esquerdo consegue o feito logo em sua primeira temporada no retorno ao futebol brasileiro. Ele ficou 16 anos no Real Madrid, onde se tornou o jogador com mais títulos, e teve rápida passagem pelo Olympiacos, da Grécia. O camisa 12 do Fluminense se coloca agora ao lado de outros oito brasileiros. Confira a lista, que ainda conta com três argentinos:

Marcelo soma seis conquistas (cinco Champions e uma Libertadores) e ultrapassou Danilo (com 1 Libertadores e 2 Champions), Dida (com 1 Libertadores e 2 Champions) e Cafu (com 2 Libertadores e 1 Champions), que somavam três títulos. Os números são do site SofaScore, especialista em estatísticas e dados de futebol.

Nomes brasileiros como Neymar, Ronaldinho Gaúcho, David Luiz, entre outros, também aparecem na lista dos jogadores que já conquistaram as duas competições. Os argentinos Julián Álvarez, Walter Samuel e Carlos Tévez também já tiveram a mesma honra.

Lista de campeões

Dida – O goleiro foi campeão da Libertadores de 1997 com a camisa do Cruzeiro e também teve sucesso pelo Milan na Europa. Venceu as Champions de 2002/03, sendo decisivo contra a Juventus na disputa de pênaltis, e 2006/07 – ainda perdeu a decisão de 2004/05 para o Liverpool.

Roque Júnior – O zagueiro também fez parte do elenco do Milan campeão em 2002/03. Antes, havia conquistado a Libertadores de 1999 pelo Palmeiras.

Cafu – Capitão do penta brasileiro na Copa do Mundo, o lateral-direito colecionou títulos importantes. Foi bicampeão da Libertadores pelo São Paulo em 1992 e 1993, e conquistou a taça da Champions pelo Milan em 2006/07 – mesmo ficando no banco na final contra o Liverpool.

Tévez – O atacante argentino foi o grande nome da conquista do Boca Juniors sobre o Santos na Libertadores de 2003. Anos depois, conquistou a Champions League pelo Manchester United, em final contra o Chelsea na temporada 2007/08.

Walter Samuel – O zagueiro foi campeão com o Boca Juniors, em 2000, na América do Sul, e conquistou o título europeu em 2009/10 com a camisa da Inter de Milão.

Ronaldinho Gaúcho – Foi o melhor jogador do mundo em 2005/06, ano em que ganhou a Champions pelo Barcelona. No retorno ao futebol brasileiro, comandou o Atlético-MG rumo ao até então inédito título da Libertadores, em 2013.

Neymar – Empatado com Roque Júnior, o atacante do PSG foi quem conseguiu as duas conquistas no intervalo de tempo mais curto. Foi o craque do Santos no título da Libertadores de 2011 sobre o Peñarol, e ganhou a Champions em 2014/15 pelo Barcelona, contra a Juentus. Fez gol nas duas finais.

Danilo – Companheiro de Neymar no Santos de 2011 – também marcou na final contra o Peñarol -, o lateral-direito, atualmente na Juventus, tem duas Champions pelo Real Madrid: 2015/16, quando disputou a decisão contra o Atlético de Madrid, e 2016/17.

Rafinha – Campeão sem entrar em campo com o Bayern de Munique na Champions League 2013, o hoje lateral-direito do São Paulo esteve no time do Flamengo que bateu o River Plate em 2019 e ganhou a primeira final de jogo único da história da Libertadores.

David Luiz – O zagueiro havia sido o último brasileiro a entrar na lista antes de Marcelo. Campeão da Champions em 2011/12 com o Chelsea, venceu a Libertadores de 2022 com a camisa do Flamengo.

Julián Álvarez – O atacante argentino, campeão da última Copa do Mundo, entrou para a lista com apenas 23 anos. Conquistou a Libertadores de 2018, pelo River Plate diante do Boca Juniors no Santiago Bernabéu, e a Champions League neste ano, com o Manchester City batendo a Inter de Milão.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

“Mataram o combate à corrupção”, diz o senador Sérgio Moro sobre mudanças nas decisões da Operação Lava-Jato sobre Lula
O Ministério das Comunicações e a Universidade de Brasília realizarão o seminário “Modernização Político-Normativa da Radiodifusão Brasileira” nesta terça
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde