Terça-feira, 25 de Junho de 2024

Home Mundo Cruz Vermelha condena ataques na Ucrânia e cobra acesso a vítimas

Compartilhe esta notícia:

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) ainda não recebeu permissão para visitar o local do ataque de sexta-feira que matou dezenas de prisioneiros de guerra ucranianos e condenou neste domingo (31) o episódio ocorrido em Olenivka, no leste da Ucrânia.

“As famílias devem receber notícias e respostas urgentes sobre o que aconteceu com seus entes queridos. As partes devem fazer tudo o que estiver ao seu alcance, inclusive por meio de investigações imparciais, para ajudar a determinar os fatos por trás do ataque e trazer clareza a essa questão. Não é o papel ou mandato do CICV para realizar investigações públicas sobre supostos crimes de guerra”, afirmou a entidade em comunicado.

Ucrânia e Rússia trocaram acusações sobre o ataque ou explosão de míssil na sexta-feira que pode ter matado dezenas de prisioneiros ucranianos na cidade de Olenivka, na linha de frente.

O Ministério da Defesa da Rússia publicou no sábado uma lista de 50 prisioneiros de guerra ucranianos mortos e 73 feridos no que disse ter sido um ataque militar ucraniano com um Sistema de Foguetes de Artilharia de Alta Mobilidade fabricado nos Estados Unidos.

As forças armadas da Ucrânia negaram a responsabilidade, dizendo que a artilharia russa atacou a prisão para esconder maus-tratos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Mulher acusada de ser racista contra filhos de Giovanna Ewbank é solta em Portugal
Salários iniciais no Brasil subiram em junho após diminuição em maio
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa