Quarta-feira, 19 de Janeiro de 2022

Home em foco Deltan Dallagnol oferece curso on-line de combate à corrupção após deixar o Ministério Público Federal

Compartilhe esta notícia:

“Entenda a corrupção, saiba como combatê-la e tenha o conhecimento necessário para inspirar amigos, colegas e familiares para a mudança”. É o que promete o ex-procurador do MPF e ex-coordenador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, com seu novo curso on-line de combate à corrupção, lançado oficialmente no início desta semana. Fora do comando da operação desde setembro do ano passado, Deltan deixou o MPF oficialmente no começo deste mês — e não recebe mais nenhum tipo de verba da instituição.

Enquanto esteve no cargo, Deltan foi responsável pela prisão de dezenas de políticos e empresários do País acusados de corrupção. Ao sair do MP, o agora ex-procurador tem por objetivo se dedicar à política: a expectativa é de que ele entre para o Podemos no Paraná, mesmo partido do ex-juiz Sérgio Moro. Segundo o senador Álvaro Dias, também do Podemos paranaense, Dallagnol deve disputar uma vaga na Câmara dos Deputados. O evento de filiação ao partido deve acontecer em dezembro.

“Depois de anos indignado com a corrupção, trabalhando contra ela em grandes casos, estudando e fazendo mestrado em Harvard (EUA), dando aulas sobre o tema e levando informações para o exercício de cidadania nas redes sociais, saí do Ministério Público para atuar contra a corrupção de outras maneiras”, diz Deltan no texto de apresentação do curso.

“É a minha primeira profissão depois de sair do Ministério Público. É a profissão mais nobre que tem, a de professor. Eu sempre levei e sempre vou levar conteúdos gratuitos para vocês, mas o que vocês vão ter nesse curso é uma aula estruturada, sistematizada, com material de apoio”, disse o ex-procurador ao promover o conteúdo, durante uma palestra no YouTube — o vídeo foi visto 5,4 mil vezes.

Entre os tópicos do curso estão “A verdade sobre o combate à corrupção”; “O que a Lava Jato nos ensinou sobre a grande corrupção política brasileira”; e “Os mecanismos da impunidade brasileira (e porque o STF anulou os casos Lula, Temer, Cunha e vários outros)”.

O valor cheio do curso de Deltan Dallagnol é de R$ 597 — mas para quem comprou nesta sexta de “black friday” teve um desconto de R$ 100. Ao divulgar a “promoção” no Telegram, o ex-procurador também anuncia como bônus uma palestra com o ex-colega de Lava Jato já aposentado, Carlos Fernando dos Santos Lima; e com a procuradora da ativa do MPF Thaméa Danelon.

Saúde

Ao deixar o comando da Lava Jato, no ano passado, Deltan Dallagnol alegou que precisava dar atenção a “questões de saúde” de familiares. A saída coincidiu com a divulgação de mensagens de celular dele e de outras pessoas que trabalharam na Lava Jato, nas quais os procuradores discutem aspectos da operação com o ex-juiz Sergio Moro, então responsável por julgar os processos da operação na 13ª Vara da Justiça Federal, em Curitiba. O episódio ficou conhecido como “Vaza Jato” e contribui para decisões do STF que anularam as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Antes de sair da instituição, Deltan também chegou a ser punido pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), com uma moção de censura, por conta de comentários no Twitter sobre as eleições para a presidência do Senado no começo de 2019. Deltan chegou a recorrer ao STF contra a punição do CNMP, mas a corte manteve a decisão do colegiado, que é responsável pelo controle externo da atividade dos procuradores.

“Na verdade, este é um projeto que eu sempre tive, o de fazer isso (se dedicar a dar aulas). Comecei a gravar as aulas já há algum tempo, e estava dando aulas para universidades. Dei aula para algumas instituições este ano, inclusive semana que vem tenho uma”, disse Deltan. “Dou curso e palestras sobre este tema há anos, inclusive cursos mais aprofundados abordando o tema da corrupção. E aí, diante da reflexão sobre a minha saída (do MPF), entendi que seria um ótimo jeito de começar nessa profissão de professor, que a meu ver é a mais nobre”, afirmou.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de em foco

Prazo para municípios gaúchos se habilitarem para receber dívida da Saúde agora termina na terça-feira
Banco Central regulamenta Pix Saque e Pix Troco; entenda como será
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde