Quinta-feira, 26 de Maio de 2022

Home Cinema Depois de série, golpista Anna Delvey ganha mais de 140 mil seguidores no Instagram, onde promove até leilão de histórias

Compartilhe esta notícia:

As redes sociais sempre tiveram um grande papel na construção da imagem de Anna Delvey, alter ego da russa Anna Sorokin, que deu golpes em bancos, hotéis e restaurantes com a história de que era uma herdeira alemã milionária.

Agora que a farsante é tema de série da Netflix, a relação com a internet não podia ser diferente. Mesmo detida pela imigração americana depois ser solta pelos crimes de fraude, Anna tem aproveitado o sucesso de “Inventando Anna” para reativar a conta no Instagram (@theannadelvey), que estava “parada” desde fevereiro do ano passado.

Hoje com 304 mil seguidores (157 mil deles começaram a seguir a partir da estreia, em 11 de fevereiro), o perfil tem tido postagens frequentes de matérias sobre a série. Muitos do conteúdo pode ter sido publicado pela própria Anna, uma vez que alguns centros de detenção de imigrantes permitem acesso limitado a telefone e internet.

Com isso, o trabalho de reconstrução de imagem está a todo vapor, principalmente nos Stories, onde dá até para capitalizar. No mais recente, colocado no ar na tarde de quarta-feira, ela promoveu até um leilão sobre a verdadeira história de “Chase”, mostrado na série como seu namorado. “O veículo de mídia que der o maior lance fica com a exclusiva. Lances a partir de US$ 10 mil”, diz o Stories.

Golpista do Insta]

As postagens de Anna têm recebido, em média, 1200 comentários, muitos deles fazendo alusão a outro falsário em voga, “O golpista do Tinder”. A história do israelense Simon Leviev (alter ego de Shimon Yehuda Hayu), que enganou mulheres ao redor do mundo com o papo de ser filho de um empresário de diamantes, virou documentário da Netfix e é o filme mais visto da plataforma.

“E se Anna e Simon se encontrassem?”, escreveu um seguidor. “Você e o golpista do Tinder são perfeitos um para um outro… na cadeia”, foi outro comentário em meio às centenas que chamam Anna de “ícone” e outros de “ladra”.

Laverne Cox, que interpreta Kacy Duke, personal trainer de nomes como Madonna e Britney Spears e que se tornou amiga de Anna, comentou sobre o poder das redes sociais na construção da imagem de celebridades.

“Há uma relação de amor e ódio do público com as pessoas que usam as redes sociais para capitalizar. Muitas vezes, são celebrados e odiados ao mesmo tempo, como a família Kardashian, por exemplo. Elas são um bom exemplo de pessoas que são muito bem-sucedidas no uso das mídias sociais e reality show a seu favor, mas muitas vezes são criticadas de maneiras muito duras”, disse a atriz.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Cinema

Ficar acordado algumas horas por noite pode ajudar a combater a insônia e a ansiedade
Veja os melhores alimentos para o cérebro que você não está comendo
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Bom Dia