Domingo, 03 de Março de 2024

Home Rio Grande do Sul Detran renova parceria com Brigada Militar para oferecer mais exames de habilitação

Compartilhe esta notícia:

Com a prorrogação do prazo de conclusão dos processos ativos de habilitação de novos condutores, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) renovou até 31 de dezembro de 2023 a parceria com a Brigada Militar (BM) para oferecer vagas extras em exames de direção para candidatos civis. A medida consta em portaria publicada nesta semana, determinando a realização do serviço em turno inverso ao de trabalho na segurança pública, sob regime de escala.

A parceria foi iniciada em outubro. Atualmente são 42 policiais reforçando o atendimento da autarquia aos candidatos à primeira carteira de motorista. O grupo é formado por integrantes da corporação que já contavam com experiência compatível – eles trabalham no Centro de Formação de Condutores da própria BM. As bancas já estiveram em Porto Alegre, Caxias do Sul (Serra), Passo Fundo (Região Norte) e Pelotas (Região Sul), onde a demanda é maior.

Conforme o Detran, a nomeação de brigadianos para aplicação das provas de habilitação é motivada pelo aumento da procura por provas, decorrente da suspensão de prazos durante a pandemia de coronavírus: o tempo máximo para concluir todas as etapas da formação do condutor era de um ano, foi suspenso em outubro de 2020 e depois prorrogado duas vezes.

Assim, os reprovados podem retornar indefinidamente para fazer o exame, o que provocou um demanda atípica. Pesou na estratégia, ainda, o fato de o Departamento ter registrado alta na procura pela primeira CNH: de 20 mil em 2019, subiu para 32 mil no ano seguinte e chegou a quase 38 mil em 2021.

Aumento na média

O apoio da Brigada Militar não foi a única providência. Com uma série de medidas administrativas, em 2022 o Detran gaúcho ampliou em 40% da média mensal de provas, chegando a 47 mil em novembro. No momento atual, ao menos 53 mil candidatos aguardam a realização da prova nas categorias A e B – eles concluíram as etapas anteriores ou fizeram a prova mais recente nos últimos seis meses.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Tesouro pede menos gastos para conter alta da dívida pública
Governo gaúcho cede imóveis do Estado para utilização por prefeituras
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa News