Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

Home Expodireto Cotrijal Em celebração ao Dia da Mulher, cerca de 300 produtoras rurais participam de programação especial na feira

Compartilhe esta notícia:

Um grupo de produtoras ligadas à Cotrijal teve momentos de muito aprendizado na Expodireto nesta quarta-feira (8). Elas chegaram cedo ao parque para, divididas em grupos, visitar os estandes de Produção Vegetal e Animal da cooperativa, a Arena Agrodigital, a FMC Agrícola e a Casa da Família Cotrijal. O roteiro encerrou à tarde, com o 8º Encontro de Empresárias Rurais, no auditório central.

Desde a década de 1990, a Cotrijal vem promovendo ações que estimulam a participação ativa das mulheres nas propriedades e no cooperativismo. Em 2022, essa visão ganhou um reforço especial a partir da criação do Programa Mais Elas. “Esse projeto será uma bela parte da história da nossa cooperativa”, afirmou o presidente Nei César Manica na abertura do encontro.

“É um programa que vai além dos eventos esporádicos, proporcionando ações de formação e treinamento contínuo, de acordo com as demandas das nossas produtoras”, complementou o vice-presidente da Cotrijal, Enio Schroeder.

Enolice Luza (segunda à direita), junto com outras produtoras, fez a reserva de sementes da Cotrijal. Foto: Divulgação

Durante a visita à feira, Enolice Luza, de Casca, fez a reserva de sementes da Cotrijal para a próxima safra. Depois do falecimento do marido, ela assumiu os negócios e tem encontrado suporte na cooperativa para dar andamento às atividades. “As mulheres precisam estar por dentro do que acontece na propriedade, e o programa vem para estimular essa maior participação”, disse.

História de superação

O 8º Encontro de Empresárias Rurais contou com a palestra da produtora rural, técnica agrícola e advogada Cristiane Steinmetz. Ela relatou a história de superação que viveu junto com a irmã e a mãe depois que o pai faleceu, há oito anos.

A família é gaúcha e, na década de 80, decidiu ir para o Centro-Oeste, seguindo o exemplo de outros produtores. “Meus pais começaram do zero e viveram tempos de muitas dificuldades. E quando meu pai faleceu, decidimos nos unir para fazer a propriedade desacreditada dar certo”, relembrou.

O salto de produtividade na soja, nos últimos oito anos, foi de 35%. A média da propriedade, localizada em Mineiros, Goiás, saiu das 59 sacas por hectare para 77 sacas por hectare. Hoje, são 500 hectares de área de produção.


Ela destacou que a melhor forma de conquistar espaço é pela competência, reforçando que é fundamental ter boas parcerias. “Não sabemos tudo, por isso precisamos ter bons aliados”, completou, elogiando o trabalho da Cotrijal.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Expodireto Cotrijal

Prefeitura lança projeto de economia sustentável nas escolas de Não-Me-Toque
Senge-RS reitera apoio ao trabalho dos engenheiros agrônomos durante a feira
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada