Segunda-feira, 23 de Maio de 2022

Home Brasil Em uma semana, mais de 38 mil moradores de Minas Gerais deixaram suas casas por conta da chuva

Compartilhe esta notícia:

Em uma semana, mais de 38 mil moradores de Minas Gerais precisaram sair de casa por conta da chuva que atingiu o Estado nos últimos dias. É o que apontam os registros da Defesa Civil estadual. Os números levam em consideração quem ficou desabrigado ou desalojado no período.

Quase quatro mil pessoas (3.692) ficaram desabrigadas entre o dia 9 e este domingo (16), segundo os registros oficiais. O número de desalojados foi o que mais cresceu, com um registro de 34.188 pessoas nessa situação em apenas sete dias.

No dia 9 de janeiro, Minas contabilizava 3.374 desabrigados e 13.723 desalojados no acumulado desde 1º de outubro, quando teve início o período chuvoso. Já no boletim divulgado neste domingo, o número total de desabrigados passou para 7.336 e o de desalojados está em 47.911.

Nas últimas 24 horas, foram contabilizadas 672 desabrigadas e 2.096 desalojadas.

Mortes

Os dados da Defesa Civil mostram ainda que em uma semana 19 pessoas morreram no Estado por conta das chuvas. Um dos casos ocorreu em Brumadinho, na Região Metropolitana, onde cinco pessoas da mesma família morreram após o carro em que elas estavam ser soterrado por um deslizamento de encosta.

Os corpos de três adultos e duas crianças foram localizados pelos bombeiros na segunda-feira (10) e no início da madrugada de terça-feira (11).

O primeiro corpo localizado pelos bombeiros foi o de Ana Alexandrino Santos, de 3 anos, que estava no carro com o pai dela, Henrique Alexandrino dos Santos, de 41, com a mãe, Deisy Lúcia Cardoso Alexandrino dos Santos, de 40, o irmão, de 6, e o motorista, Geovane Vieira Ferreira, de 42 anos, que era da mesma família.

O carro foi arrastado pela lama por cerca de 400 metros e foi “completamente destruído”. Com o impacto, a menina foi arremessada para fora do veículo.

De acordo com Cibele Batalha Soares, prima de Henrique, a família estava desaparecida desde sábado (8). Eles saíram da cidade de Paula Cândido, na Zona da Mata mineira, em direção ao Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins.

Por volta das 13h30, Deisy ligou para familiares avisando que iria passar por outro caminho devido à interdição da BR-040, mas não informaram o trajeto.

Foi a última vez que os parentes tiveram notícia deles.

“A todo momento a gente achava que eles poderiam ter ficado ilhados, até abrigados em uma casa, em algum lugar que tivesse sem sinal. A gente sempre pensa num acidente, mas a gente achava que talvez eles estivessem seguros, mas infelizmente não foi isso”, lamenta Cibele.

A avalanche de lama que soterrou o carro da família também destruiu uma casa no condomínio. O deslizamento de terra arrastou o imóvel por vários metros. Só restaram pedaços do telhado e alguns móveis. Ninguém se feriu.

Como ajudar?

Com as chuvas dos últimos dias em Minas Gerais, milhares de pessoas foram obrigadas a deixar as próprias casas e perderam tudo o que tinham.

Segundo o boletim da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil desta segunda-feira (10), 145 municípios mineiros estão em situação de emergência.

Neste momento, itens básicos, como água potável, produtos de higiene pessoal e roupas, estão em falta para muita gente. Veja como quem não mora em MG pode ajudar:

— A Cruz Vermelha está recolhendo doações para as pessoas atingidas pelas chuvas em Minas Gerais. A instituição aceita contribuições em dinheiro pelo Pix com a cheve secretaria@cvbmg.org.br.

— A Legião da Boa Vontade (LBV) também aceita doações em dinheiro, que podem ser feitas pelo site www.lbv.org, pelo Pix com a chave pix@lbv.org.br ou por meio das contas bancárias:

Bradesco: Agência: 0292-5 — C/C: 92830-5
Itaú: Agência: 0237 — C/C: 73700-2
Banco do Brasil: Agência: 3344-8 — C/C: 205010-2
Caixa Econômica Federal: Agência: 1231 — operação: 003 — C/C: 100-0
Santander: Agência: 0239 — C/C: 13.002754-6

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Escalada da ômicron: quais os riscos para a economia?
O problema sanguíneo que dificulta a ida de humanos a Marte
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Atualidades Pampa