Sábado, 04 de Dezembro de 2021

Home Mundo Embarcação da Marinha brasileira “Cisne Branco” bate em ponte no Equador

Compartilhe esta notícia:

A embarcação da Marinha do Brasil conhecida como Cisne Branco sofreu nesta segunda-feira (18) um acidente ao bater em uma ponte para pedestres perto de Guayaquil, no Equador. Apesar do susto, autoridades locais dizem que ninguém se feriu.

Em nota, a Marinha brasileira afirmou que ainda apura as causas do acidente, mas disse também que a colisão possivelmente aconteceu devido à forte correnteza no rio Guaya.

A embarcação teve dificuldades para manobrar sobre a ponte – uma ligação para pedestres entre o continente e a ilha Santay, uma grande área de mata protegida onde mora um pequeno grupo de pessoas.

O Cisne Branco chegou a se inclinar ao colidir com a construção e, aparentemente, ficou preso, enquanto a forte correnteza seguia rio abaixo. A ponte onde ocorreu o acidente tem uma passagem para navios, e a embarcação da Marinha brasileira não conseguiu passar por essa abertura.

O Cisne Branco foi levado em seguida para o Yacht Club, um clube privado em Guayaquil, onde passará por manutenção.

Rebocador virou

Em nota, a Marinha do Equador disse que o incidente ocorreu enquanto o Cisne Branco zarpava com auxílio de um rebocador equatoriano. Essa pequena embarcação, que serve para ajudar a manobrar o barco brasileiro, virou após a batida.

Havia tripulantes das Forças Armadas Equatorianas nesse rebocador, mas, segundo a Marinha do país, ninguém se feriu. As autoridades conseguiram colocar em prática uma barreira de emergência para evitar que o combustível ou outros materiais poluentes vazassem e colocassem em risco a biodiversidade do rio.

Maior cidade do país, Guayaquil tem o principal porto do Equador e é uma das portas de entrada do Pacífico para a América do Sul. O centro urbano é banhado pela foz do rio Guayas, que liga o oceano à parte mais baixa do interior equatoriano.

O que é o Cisne Branco?

Navio 'Cisne Branco' — Foto: Marinha do Brasil/Divulgação

Segundo a Marinha, o Cisne Branco “exerce funções diplomáticas e de relações públicas”. “A sua missão é representar o Brasil em eventos náuticos nacionais e internacionais, divulgar a mentalidade marítima e preservar as tradições navais”, diz a autoridade militar brasileira.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Mundo

Brasil registra 197 mortes por Covid em 24 horas; média móvel completa uma semana abaixo de 400
Trump é interrogado sob juramento em processo por suposta agressão de seguranças na Trump Tower
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Madrugada