Segunda-feira, 16 de Maio de 2022

Home Porto Alegre Emitido alerta para importância das medidas de prevenção após aumento de casos de coronavírus em Porto Alegre

Compartilhe esta notícia:

Porto Alegre registrou um aumento de 321% no número de casos confirmados de Covid-19 no comparativo de casos registrados nas semanas epidemiológicas 52/21 (última semana de 2021) e 1/22 (primeira semana de 2022).

De acordo com dados divulgados no Boletim Covid 2/22, de quarta-feira, 12, na primeira semana epidemiológica de 2022 foram confirmados 3.537 casos novos. Na última semana epidemiológica de 2021, foram 1.099. O quantitativo de pessoas que tiveram confirmação da doença desde o início da pandemia entre pessoas residentes em Porto Alegre chega a 196.262, segundo a publicação.

O diretor da Vigilância em Saúde municipal, Fernando Ritter, diz que o momento é de manutenção das medidas de prevenção à infecção, como uso adequado de máscaras, distanciamento social, higienização frequente das mãos, isolamento dos infectados e, sempre, manutenção de ambientes ventilados, mesmo com altas temperaturas.

“A Ômicron é uma variante de alta transmissibilidade confirmada, e o alto índice de vacinação da população contribui para o não agravamento de casos clínicos. No entanto, pessoas com esquema vacinal incompleto ou não vacinadas estão suscetíveis a quadros mais graves da Covid-19”, alerta o diretor da DVS.

O número de casos será revisado, tanto pela instabilidade no acesso aos sistemas de informação nacionais, quanto pela falta de atualização da base de dados do e-SUS Notifica, que permanece sem atualização desde 11/12/2021. Isso está gerando represamento de dados ainda não mensurado de casos.

De acordo com a Equipe de Vigilância de Doenças Transmissíveis da Secretaria Municipal de Saúde, setor responsável pela análise dos dados do boletim, picos de confirmação da doença vêm sendo observados e estão relacionados à declaração de transmissão comunitária da circulação de novas variantes na cidade, com diferentes repercussões devido à cobertura vacinal contra Covid-19.

Em março de 2021 coincidiu com a declaração de transmissão comunitária da variante Gama, em um período de baixa cobertura vacinal da população. Em agosto de 2021, quando declarada a transmissão comunitária da variante Delta em Porto Alegre, não se observou o mesmo impacto no aumento de casos de Covid-19. Fernando Ritter destaca que a queda no número de casos confirmados desde então tem sido reflexo da adesão populacional às vacinas contra a Covid-19.

Contudo, na semana epidemiológica 49/2021 (5 a 11/12), foi identificado o primeiro caso importado da nova variante de preocupação (VOC) Ômicron na cidade e, com outros casos identificados com essa variante, a transmissão comunitária foi declarada em 23 de dezembro de 2021. O impacto desta VOC, na evolução diária de casos e na tendência de redução sustentada no número de casos apresentada nos últimos meses, está sendo monitorado.

Ritter destaca que o aumento abrupto de casos – e de testagem – certamente está relacionado às aglomerações que ocorreram nas celebrações das festas de final de ano e à sensação de segurança em função da vacina. “Esta é uma época em que viagens e confraternizações foram registradas tanto na cidade quanto no litoral, por exemplo, e o reflexo está sendo observado agora”, enfatiza o gestor.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Feminicídios têm alta em 2021 no Rio Grande do Sul
Ministro do Supremo Gilmar Mendes é escolhido relator de ação sobre apagão de dados da Saúde
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde